Manoel Júnior parabeniza Rômulo, mas não cita Ricardo

O deputado federal Manoel Junior (PMDB-PB) subiu à tribuna da Câmara dos Deputados hoje para agradecer aos 108.041 paraibanos que votaram e garantiram seu retorno à Câmara. O deputado parabenizou Dilma Rousseff pela vitória na eleição presidencial e aproveitou a ocasião para afirmar que é preciso dar continuidade ao que o presidente Lula ensinou: fazer política para quem mais precisa.

Em sua fala, Manoel ainda parabenizou o vice-governador eleito da Paraíba, Rômulo Gouveia (PSDB), referindo-se a ele como um político humilde e gentil. O peemedebista, contudo, não fez qualquer referência ao futuro governador, Ricardo Coutinho (PSB), com quem discutiu várias vezes desde que decidiu deixar o partido, discordando da candidatura própria socialista e da aliança firmada com o PSDB e DEM.

Leia a íntegra do discurso:

“É uma alegria poder voltar a esta Casa, Sr. Presidente, primeiramente agradecendo a Deus por ter me iluminado no primeiro turno dessas eleições e aqui retornar como terceiro Deputado mais votado do meu Estado, da pequena Paraíba, agradecendo também aos meus familiares.


Sintetizando, eu queria aqui, Erundina, cumprimentar, abraçar e beijar uma mulher de muita fibra, que é a minha mãe, que nos assiste neste instante agradecer a ela e, em nome dela, a toda a minha família a paciência, a dedicação em todos os meus momentos, agradecer aos amigos e amigas espalhados por toda a Paraíba, nos 223 Municípios do Estado, pessoas que, de forma abnegada, levaram o número e o nome de Manoel Junior às urnas. Foram 108.041 votos.


Quero dizer que devo isso ao trabalho de muitas pessoas, de muitos amigos que, de forma penhorada, foram às urnas reconhecer o meu trabalho como Prefeito, que fui 3 vezes, da minha terra natal, Pedras de Fogo, o nosso trabalho na Assembleia Legislativa, como Deputado de Oposição, depois Vice-Prefeito da maior cidade do Estado, João Pessoa, que, modéstia à parte, nos deu uma votação extraordinária 28 mil votos, principalmente numa eleição disputada como foi essa.

Quero reafirmar aqui que é o meu sétimo mandato, tendo a honra de dizer que nunca comprei voto, nunca fiz boca de urna para poder aqui chegar. Isso, na verdade, enaltece, inclusive, o trabalho de muitos que me acompanharam uma militância extraordinária.

Quero aqui também destacar os Municípios do interior: a minha terra natal, Pedras de Fogo, que, mais uma vez, me deu uma votação substancial para aqui chegar; o Município de Barra de São Miguel, lá no Cariri paraibano, onde tive 63% dos votos válidos em nome da Prefeita, Luci, quero abraçar todos os Prefeitos, ex-Prefeitos, Vereadores, Vice-Prefeitos, lideranças políticas da Paraíba.

É importante esse momento da minha vida pública, ao voltar à Câmara dos Deputados, ao Congresso Nacional, e tentar aqui implementar um ritmo, com os companheiros e companheiras, que foram efeitos para a nova Legislatura, de apreciação de projetos e propostas importantes para o País.

Precisamos aqui definir, rapidamente, a revisão do pacto federativo, a reforma política, porque já está ficando impraticável pessoas como eu, profissionais liberais, como V.Exa., Deputado Luiza Erundina, nos mantermos na vida pública da forma como as coisas estão sendo conduzidas na base, nos Municípios menores e até nos Municípios maiores.

Precisamos realmente fazer uma reforma política para dar dignidade à vida pública brasileira. Espero contar com o apoio, a colaboração de todos, aqui, principalmente do Executivo.

Quero também parabenizar aqui a nossa companheira Dilma Rousseff — foi uma bela eleição — e o Presidente da Casa e do nosso partido, Deputado Michel Temer. Desejo aos 2 que Deus ilumine e os conduza ao caminho do bem, para que façam as reformas de que o País precisa, e principalmente façam aquilo, que aprendemos com o Presidente Lula: fazer política para quem precisa, para aqueles excluídos, que ficaram muitas vezes de fora das políticas públicas deste País durante muito tempo.

Sr. Presidente, parabenizo o meu colega Deputado Rômulo Gouveia pela sua eleição como Vice-Governador. Espero que pela sua humildade, forma gentil de tratar as pessoas, S. Exa. seja um ponto de equilíbrio em favor da boa prática administrativa e política, contra arrogância, prepotência, que não leva ninguém a canto nenhum”.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.