Manoel Júnior contesta programa do PSDB: “É mentira e falácia”

Paulo de Pádua

O deputado federal Manoel Júnior (PMDB) classificou hoje como sendo "mentira e falácia" o programa político do PSDB, no qual o ex-governador Cássio Cunha Lima afirma que, na sua gestão, construiu 10 mil casas populares e só não fez mais porque teve o mandato amputado pela Justiça Eleitoral. “Isso é uma mentira, uma falácia. E se ele (Cássio) me provar que construiu essas 10 mil casas, eu renuncio meu mandato e não concorro mais a nenhuma eleição”, declarou.

Manoel Júnior foi além nas suas críticas e afirmou que o ex-governador tucano não chegou sequer a construir sete mil casas populares no Estado. Ele também desafiou o ex-governador e o PSDB a mostrar uma obra sequer importante que teria sido realizada nos últimos seis anos de infraestrutura ou na área de saúde que, na sua concepção, tenha mudado o perfil da Paraíba.

“Me diga e aponte uma obra sequer de infraestrutura ou na saúde que o ex-governador tenha feito e que mudou o perfil da Paraíba”, desafiou. O peemedebista voltou dizer que Cássio está inelegível e não pode se lançar candidato a senador nas eleições deste ano. “Ele não pode está anunciando que se continuasse no Governo poderia fazer outras obras. Isso era se ele pudesse ser candidato. O que não é possível, pois ele é inelegível. O nome dele não pode estar nas urnas”, disse.

Ao ser questionado se a atitude do prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rego, de não ter aceitado compor a chapa governista, como vice, teria enfraquecido o governador José Maranhão, Manoel Júnior respondeu que não. Para ele, não tinha nada definido, o que havia era apenas uma cogitação. “Então, o governador Maranhão não poderia ter ficado enfraquecido, se Veneziano não figurava em sua chapa”, avaliou. 

O parlamentar acredita que o presidente Lula será o maior cabo eleitoral de Maranhão nas eleições de outubro. “Pode ficar certo disso, o maior cabo eleitoral do governador será o presidente Lula”, reforçou.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.