Manifestantes são presos pela PRF durante bloqueio do MST

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu em flagrante, na manhã desta terça-feira (2), na BR-230, em João Pessoa, dois manifestantes que atuavam no bloqueio de pista, promovido pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), por crime ambiental e dano ao patrimônio público.
 
Os agentes da PRF, que acompanhavam a ação do MST, identificaram os dois homens no momento em que eles chegaram ao local do bloqueio em um carro carregado de pneus velhos. Os dois, auxiliados por outro manifestantes, retiraram os pneus de dentro do veículo e, em seguida, arremessaram os mesmos sobre a fogueira feita na rodovia.
 
A fumaça produzida pela queima de pneus é altamente tóxica e afeta diretamente o meio ambiente. Outro fator importante e danoso é que ela pode provocar acidentes de trânsito, pois a visibilidade dos motoristas fica bastante comprometida. Outro aspecto relevante quanto a queima de pneus na rodovia é que o pavimento acaba sendo comprometido, isto é, o calor provoca rachaduras no concreto, ou, no caso de asfalto, o seu derretimento; trazendo com isso, mais riscos aos usuários da via pública.
 
O flagrante foi registrado na Central de Polícia Civil, em João Pessoa.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.