Mãe denuncia que Lucena fez vacinação de crianças contra Covid-19 com doses de adultos; veja

Mãe de dois meninos, a manicure Fernanda Lira fez uma denúncia grave contra a secretaria de Saúde de Lucena, na Grande João Pessoa. Ela apresentou nesta sexta-feira, 14, os comprovantes de vacinação contra a Covid-19 dos filhos de cinco e sete anos de idade realizada no dia 7 deste mês, quando sequer haviam chegado as doses do imunizante destinado às crianças à Paraíba. O primeiro lote, aliás, só desembarcou ontem no Aeroporto Castro Pinto e deve ser distribuído hoje aos municípios pela Secretaria de Saúde.

Fernanda gravou a denúncia em sua rede social e cobrou explicações da prefeitura de Lucena. É que as doses de vacinas contra a Covid-19 para crianças são diferentes das aplicadas nos adultos. O imunizante tem embalagem diferenciada e contém um terço da dose convencional.

O ParlamentoPB entrou em contato com a prefeitura de Lucena para obter mais informações sobre o caso, mas não obteve resposta até agora.

As primeiras doses pediátricas de vacinas Covid-19 para imunização de crianças de 5 a 11 anos chegaram ao Brasil nesta quinta-feira (13). O lote de 1,2 milhão de doses da Pfizer (Comirnaty) será distribuído para estados e Distrito Federal nos próximos dias, de forma proporcional ao número de crianças em cada unidade da Federação. A imunização desse público não será obrigatória e deve começar pelo grupo prioritário, como crianças com comorbidades e deficiências permanentes.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.