Luiz Couto rebate O Globo e diz que FHC é o rei das MPs

Em discurso no plenário, o deputado Luiz Couto (PT-PB) contestou reportagem do jornal O Globo que igualava as gestões FHC e Lula no uso das medidas provisórias.

Baseado em matéria do blog Vi o Mundo, o deputado mostrou que o jornal carioca equivocou-se nos dados e apresentou um gráfico errado aos leitores. O gráfico dava a impressão de que o governos Lula editou mais MPs que o de FHC.
 
O parlamentar lembrou que no primeiro governo FHC foram editadas 156 medidas provisórias originárias, com 2.453 reedições, totalizando 2.609 medidas provisórias. No segundo mandato de FHC foram 185 MPs originárias e 2606 reedições, no total de 2791 medidas provisórias." No governo Lula, foram editadas 240 MPs no primeiro mandato e 177 no segundo. Então, com certeza FHC foi o rei das medidas provisórias", enfatizou Luiz Couto.

Além disso, ele lembrou que o O Globo errou ao atribuir dez anos de mandato ao presidente Lula. " Ora, o presidente Lula só teve oito anos de mandato. Ou seja, colocaram dois anos de FHC para Lula e apenas seis para FHC, que teve também oito anos de mandato", apontou Luiz Couto, conforme mostrou a matéria do Vi o Mundo.
 
O erro no gráfico da reportagem "O Congresso parou", do dia 15 de maio, foi apontado por um leitor do Vi o Mundo, que transformou o comentário em matéria que ganhou destaque na blogosfera. Luiz Couto lembrou que a Emenda Constitucional nº 32/01 determinou o fim da reedição de medidas provisórias e que essa emenda foi aprovada com o apoio do PT.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.