Luiz Couto não teme Cartaxo e nem sanção da Direção do PT

Não ficou sem resposta a queixa do vice-governador Luciano Cartaxo (PT) em relação ao deputado federal Luiz Couto (PT). Ao tempo em que Cartaxo promete reportar as críticas de Couto a Maranhão ao diretório nacional do PT, o deputado federal diz que não teme sanções e acrescenta que os dirigentes petistas no Distrito Federal já se anteciparam ao ano eleitoral de 2010 e decidiram quem será o candidato do partido ao Governo.

"O companheiro diz que tem o direito de opinar. Eu também tenho. Esse direito é de todo mundo, não somente dele. Ele vai a todo lugar junto com o Governador fazendo campanha para 2010 e quer impedir que outros façam isso. Não há qualquer restrição por parte da direção nacional. O diretório do PT em Brasília já indicou Agnelo [Queiroz] como candidato a Governador. Não há ainda candidaturas, mas nomes colocados na disputa. As definições só vão acontecer em fevereiro. O que importa é que meu nome tem crescido em apoios", declarou Couto.

Devolvendo a provocação a Cartaxo, ele declarou que o vice-governador estaria levando lideranças políticas do Estado para conversar com o Governador: "Na realidade, estamos vendo que dirigentes e lideranças do PT são levadas para a casa do Governador e lá se diz que a situação está resolvida e que será Maranhão candidato e Luciano vice. Isso é ou não é antecipação de eleição?", indagou ele durante a entrevista concedida ao programa Paraíba Agora, da Rádio 101 FM.

Uma resolução aprovada pelo PT em sua última reunião prevê que o PT estará na chapa majoritária em 2010. Ambas as opções, candidatura ao Senado ou figuração como vice estão admitidas, dependendo do desenrolar dos fatos no ano que vem.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.