Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Luiz Couto homenageia Bispos que lutaram em defesa da vida e dos Direitos Humanos

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Em audiência pública na Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal, requerida pelo deputado Luiz Couto (PT-PB) foi realizada nesta terça-feira, 29, uma homenagem aos bispos Dom Helder Câmara, Dom José Maria Pires e Dom Luciano Mendes de Almeida.

O deputado falou do orgulho e da importância de homenagear os bispos. No texto, ele descreve os ensinamentos, a relevância e dedicação que cada um teve na defesa da vida, da justiça social e dos direitos humanos.

“Fazer esta homenagem, neste plenário, e falar de três pessoas as quais tenho orgulho de homenagear é uma disciplina educadora para mim, para vocês que aqui se encontram e para todos que me acompanham nas redes sociais, na TV ou mesmo os que me ouvem no rádio.

Couto acrescentou que Dom Helder, Dom José e Dom Luciano “estão eternizados em nossos corações como uma melodia suave que nos alegra e nos faz criar forças para alcançar um futuro melhor, com Jesus Cristo, e, em comunhão com nossos irmãos”.

Ainda em seu discurso, o parlamentar paraibano afirmou que Dom Helder Câmara defendia o respeito à vida como um todo, despertava e ensinava em muitas pessoas a confiança e o fascínio pela novidade do Reino.

Para ele, Dom José Maria Pires era a escultura do amor. Basta verificar o texto de sua autoria: “Eu quero ter um bom coração: grande para acolher a todos, magnânimo para amar a todos. Todos sem exceção: padres, religiosos e leigos, católicos, protestantes, espiritas, comunistas ou maçons, crentes e ateus, justos e pecadores, pobres e enfermos. Eu quero ser no meio de vós, como João XXIII, uma fonte pública da qual se aproximam não somente os bons ou os católicos, mas aonde qualquer pessoa, ainda que fosse um malfeitor, tem direito de vir beber água para matar sua sede. E se houver preferencias em meu coração, que elas sejam para os pobres, para os doentes, para os pecadores. Foi, antes de tudo, a eles que Cristo anunciou a boa nova, porque “não são os que têm saúde que precisam do médico, mas os que estão enfermos”.

O discurso de Luiz Couto prosseguiu destacando que dom Luciano Mendes era comprometido com a justiça social e com a defesa dos direitos humanos e que foi uma importante liderança política e religiosa da história do Brasil. Considerado pela Igreja como “servo de Deus”, dedicou sua vida a serviço dos pobres, oprimidos e marginalizados. Projetou em toda a América Latina e em muitos países na Europa, especialmente na Itália, onde trabalhou em uma prisão por cinco anos. Sua trajetória como bispo auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, entre 1976 e 1988, foi marcada com a fundação da Pastoral do Menor, que visava ajudar crianças e adolescentes das periferias paulistas. Dom Luciano também foi presidente da CNBB de 1987 a 1995, no momento da transição democrática e da constituinte. Depois, de 1988 a 2006, trabalhou em ambientes rurais carentes de Mariana, em Minas Gerais.

“Ambos mudaram o curso da história da Igreja Católica no Brasil e tudo isso através de Jesus Cristo e um dom precioso chamado ‘amor ao próximo’. Tenho tanto a contar sobre esses três amigos confidentes. Conheci e pude aprender de perto todos os ensinamentos inspirados pelo Espirito Santo. Foram dias intensos, dias de decisões e que me fizeram um homem voltado a fazer o bem, em caridade, em amor, em ser humano, em ser fiel, em ser amigo, em ser honesto, em ser ético e em ser cristão. Nunca vou me esquecer de quando aprendi que o respeito pela vida como um todo, despertou em mim uma nova maneira de viver. Eles me fizeram estreitar meu relacionamento com Deus, com uma vontade imensa de viver, de fazer o bem e de ver o mundo transformado, solidário e fraterno. Como criatura humana profundamente amada por Deus. Inspirado em Dom Helder foi que aprendi sobre os Sonhos: ‘quando se sonha no isolamento, é só um sonho, mas, quando o sonho é uma comunidade, já é começo de uma nova realidade’. Com Dom José ou Dom Pelé ou mesmo Dom Zumbi aprendi o que é o assistencialismo, a cidadania, a comunidade eclesial de Base, a Democracia ou mesmo a cultura do Reino dos céus: “Sendo Deus comunhão de amor, o amor é sua marca registrada, selo colocado em todas as suas obras. Ele age por amor e suas criaturas expressam e visibiliza no amor uma tendência a comunhão na ordem e harmonia do universo”. Com Dom Luciano aprendi sobre a alegria da conversão e que dizia “Uma alegria maior é a alegria de ver a recuperação de certas pessoas, seja da dependência química, da dependência de drogas, seja de um processo de conversão pessoal”.

Luiz Couto enfatiz que homenagear os “santos” bispos é deixar marcado na história o trabalho e a forma de evangelização dos mesmos. “Senhoras e Senhores, povo brasileiro, se existe uma lista de pessoas que marcaram uma geração no Brasil, Dom Helder Câmara, Dom José Maria Pires e Dom Luciano Mendes estão entre elas. Não por força e nem por violência, mas pelo amor e pelo afeto aos direitos humanos de todos. Essa é uma frase que deixo em homenagem aos três e com lagrima aos olhos afirmo: Obrigado Santo José Maria Pires. Obrigado Santo Helder Câmara. Obrigado Santo Luciano Mendes. Sei que se vocês estivessem de corpo presente, nesta terra, a luz de Cristo que brilharam em suas faces continuaria cegando as trevas opressoras”, comentou o deputado paraibano.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

Gabinete de guerra de Israel se reúne FOTO Ariel Hermoni_Ministério da Defesa de Israel

Gabinete de guerra de Israel se reúne para discutir reféns em Gaza

pedreiro construcao civil FOTO Pixabay

Sine-PB oferta 407 vagas de emprego em 11 municípios paraibanos

sergio queiroz partido novo 2024

Sérgio Queiroz anuncia, nesta segunda, decisão sobre pré-candidatura nas Eleições 2024

bolsonaro ato rio de janeiro 210424 FOTO fernando frazao agencia brasil

Bolsonaro e aliados fazem ato político no Rio de Janeiro

Polícia interrompe briga de facções em Santa Rita e prende suspeitos com armas

Polícia interrompe briga de facções em Santa Rita e prende suspeitos com armas

dioxido de cloro

Senacon notifica sites de e-commerce por venda de dióxido de cloro

caapora pb

Aposta de Caaporã leva prêmio de R$ 40,5 mil na Mega-Sena

laboratorio exame medicina FOTO Pixabay_

Brasil confirma caso autóctone de cólera em Salvador

chuva agua FOTO Pixabay

Paraíba tem alertas de chuvas intensas até a segunda-feira

mega sena FOTO rafael neddermeyer agencia brasil

Apostador do Rio de Janeiro acerta sozinho a Mega-Sena