Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Luiz Couto denuncia ‘campanha difamatória’ contra ele em batalhões da PM

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O deputado Luiz Couto (PT-PB) ocupou a tribuna da Câmara Federal ontem para repudiar o que classificou de “campanha difamatória que vem sendo disseminada dentro de alguns batalhões da polícia da Paraíba forjando notícias, inclusive com foto”, na tentativa de passar a impressão que ele é contra a PEC 300 (Proposta de Emenda à Constituição) e que está perseguindo policiais que fazem o ‘chamado bico’.

“Defendo uma política nacional de salários, equiparando e tratando de forma isonômica essa importante categoria profissional. Daí o meu total e irrestrito apoio à PEC 300. Não foi aprovado nenhum Projeto de Lei de minha autoria proibindo policiais de fazer o que se chama de bico. O que defendo é um salário condizente, capaz de dignificar a atividade policial. Não é necessário sujeitar um policial militar a complementar a sua renda por fora, expondo o policial e a sua família à ação de criminosos e bandidos”, disse Couto.

O parlamentar denunciou que ‘a central de boatos’ tem a proteção de ex-comandantes da PM e anda dizendo até que “o deputado Luiz Couto já tem audiência com o casal executor do revoltante caso que está sendo chamado de chacina do Rangel. Uma execução bárbara de 7 pessoas de uma mesma família no bairro do Rangel, em João Pessoa”.

“O que procuram desesperadamente esses plantadores de notícias? Macular a minha imagem de deputado junto à sociedade, especialmente entre os policiais militares, onde tenho grandes amigos, pois a maioria desses policiais são profissionais decentes, que honram a sua farda e a sua missão”, afirmou, acrescentando que já dispõe de informações de onde tem partido a orquestração para tentar desestabilizar e desacreditar a sua ação.

Luiz Couto também aproveitou para lembrar a importância da realização da etapa estadual da 1ª Conferência de Segurança Pública, ocorrida nesse final de semana na Paraíba. “Quero registrar o processo democrático que marcou os debates de propostas, definindo as prioridades, os princípios e as diretrizes que farão parte da elaboração do Programa Nacional de Segurança Pública em Cidadania, construído pelo governo federal”.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

joaobelga

Paraíba terá Centro de Distribuição e fábrica de esquadrias de PVC de empresa da Bélgica

Artêmio Picanço, advogado

Advogado considera “surreal” decisão da Justiça da Argentina pela prisão domiciliar de Antônio Neto; veja

Igreja Matriz de Monteiro

Polícia procura mulher suspeita de furtar dinheiro de ofertas da Igreja Matriz, de Monteiro

PF Operação Rescue

Operação da PF prende homem por armazenar imagens de abuso sexual de crianças

Concurso, freepik 1

MP recomenda retificação de edital do concurso para Guarda Civil de Santa Rita

PF operação Pombo, Objetos encontrados em casa de funcionários dos correios

PF investiga desvio de encomendas dos Correios e apreende objetos em casa de servidor

João Pessoa linda demais, secom pb

João Pessoa é destaque entre os Top 10 Destinos de Viagem para o mês de julho

Fábio Andrade, procurador-geral do Estado

Estado aprova lista de acordos diretos de precatórios com 593 propostas e R$ 78 milhões

Sérgio Moro 22

Por unanimidade, TSE rejeita cassação do mandato de Sergio Moro

Perilo Lucena, juiz

Ação alerta contra abuso e exploração sexual infantil nos festejos juninos de CG