Luiz Couto defende urgência para Comissão da Verdade

O deputado Luiz Couto (PT-PB) defendeu, em pronunciamento no plenário, a aprovação do requerimento de urgência para a tramitação do PL 7376/10, do Executivo, que cria a Comissão Nacional da Verdade.

O objetivo da comissão é esclarecer casos de violação de direitos humanos ocorridos no período da ditadura (1964-1985). A urgência para a tramitação da matéria foi defendida pela ministra da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Maria do Rosário.

O povo brasileiro, disse o parlamentar petista, "precisa saber o que aconteceu, até para aprender uma lição, para que nunca mais tenhamos ditadura, tortura e pessoas desaparecidas, mães esperando o dia de ter uma resposta sobre seu filho morto, seu filho torturado, encontrá-lo e fazer um enterro cristão, com direito ao luto", reiterou Luiz Couto.

Para Luiz Couto, "a Comissão da Verdade vai trazer mais conciliação à Nação brasileira e mostrar que a tortura não deve acontecer mais, que ela não deve ser método de investigação", frisou.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.