Ludgério solicita sua investigação por envolvimento no programa do leite

O deputado Manoel Ludgério (PDT) apresentou requerimento, durante a sessão de hoje à tarde da Assembleia Legislativa pedindo à Polícia Federal e ao Ministério Público que investiguem se ele é proprietário ou acionista das empresas Serrote Branco Agroindustrial Ltda (Leite Vita) ou Copasa (Cooperativa Agropecuária Santa Ana), localizadas nos municípios de Caturité e Barra de Santana, respectivamente. Ele ainda defende a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar qualquer envolvimento seu em eventuais atos lesivos ao Programa Leite da Paraíba.

Manoel Ludgério declarou, em seu pronunciamento, que pela primeira vez na historia do parlamento paraibano um deputado pediu ser investigado. “Isso demonstra como eu estou tranqüilo diante de denúncias infundadas feitas por um governo que quer implantar a lei da censura no Estado através de alguns setores da imprensa”, comentou.

Ele quer a apuração da veracidade das denúncias publicadas pelo site Vitrine do Cariri, no dia 21 de julho deste ano e reproduzidas recentemente pelo Sistema Correio. As informações dão conta de que o deputado seria o proprietário ou acionista dessas duas empresas e teria atuado junto ao Governo passado para favorecê-las e vencer processos licitatórios para fornecer leite ao Programa Leite da Paraíba.

Na justificativa de seu requerimento, Ludgério destacou que nunca abriu mão de sua conduta ética durante toda a sua trajetória política. “Desde 1988, atuo na vida pública e política defendendo os interesses dos campinenses e paraibanos, sendo eleito vereador por três vezes em Campina Grande, presidente da Câmara Municipal de Campina com todas as contas aprovadas pelo TCE, além de exercer o cargo de secretário municipal de Agricultura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente. Hoje estou no segundo mandato como deputado e nunca estive envolvido em nenhum escândalo ou prática de desvios de recursos públicos”, informou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.