Ludgério critica humildade de Maranhão: Ele admitiu sua arrogância

Uma declaração do governador José Maranhão (PMDB) publicada ontem no Parlamentopb motivou hoje o comentário do deputado estadual Manoel Ludgério (PDT), líder de oposição na Assembleia Legislativa. O pedetista contestou a "humildade" salientada pelo chefe do executivo e viu na frase uma suposta confissão de arrogância:

"Ele tentou se penitenciar, mas admitiu ter sido prepotente em seus governos anteriores. Não há humildade e nem sensibilidade. O Governador está mais arrogante do que nunca. Estive no sertão e pude perceber o lamentável clima de perseguição. Nada difere do primeiro e do segundo governo Maranhão", disse Ludgério.

A frase que motivou a reação do líder oposicionista foi dita ontem pelo governador na Rede Paraíba Sat quando perguntado sobre que diferença haveria entre o gestor de hoje e o dos mandatos anteriores. A declaração foi a seguinte: "José Maranhão hoje é muito melhor que no passado. Sou mais eficiente e humilde e também tenho hoje uma sensibilidade maior para os desejos do povo".

Maranhão esteve na Rede Paraíba Sat para avaliar os 100 primeiros dias de seu mandato. Para Ludgério, a gestão é “inexistente”. Para ele, o que existe em pleno funcionamento atualmente é apenas o Diário Oficial que já nomeou quase 5 mil pessoas em cargos comissionados em apenas 3 meses.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.