Luciano diz que acusações de Marcos Barros são irresponsáveis

O vice-governador do Estado, Luciano Cartaxo (PT), adiantou hoje em entrevista ao Parlamentopb que vai tomar "as providências cabíveis" em relação ao vereador Marcos Barros (PSDB), presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras. É que durante a sessão de ontem do legislativo cajazeirense, Barros disse que a invasão de casas da Cehap na cidade teria sido financiada pelo vice-governador e por outro petista, Anísio Maia, que estariam ajudando financeiramente três representantes do Movimento dos Sem Teto a insuflar a comunidade a ocupar residências constru´dias pelo Governo no município.

"As acusações que esse senhor fez foram levianas e irresponsáveis. Eu jamais iria incentivar qualquer tipo de invasão, ainda mais sendo contra o patrimônio do Governo que eu represento. Em toda a minha história, nunca tive nenhuma relação com invasão de propriedade. Vou tomar as medidas cabíveis com relação às acusações do vereador. Isso não tem a mínima procedência e nem merece crédito. Não vou a Cajazeiras faz muito tempo e nem tinha conhecimento desse problema envolvendo as casas da Cehap", disse o vice-governador.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.