Luciano amplia Bolsa Universitária e PMJP vai auxiliar 400 estudantes com ajuda financeira

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, lançou, na manhã desta quarta-feira (10), o edital do Programa Bolsa Universitária 2019 e a ampliação do projeto, passando de 100 vagas oferecidas por ano para 200, estimulando a vida acadêmica dos jovens carentes da Capital e contribuindo com a ajuda necessária para que eles possam prosseguir nos estudos. As inscrições começam no dia 22 de abril e ficam abertas até o dia três de maio. Atualmente, 203 jovens matriculados em instituições de ensino já recebem o benefício e, através deste novo edital, o número passará de 400 com os novos estudantes que serão incluídos no programa. Confira o edital no link https://midi.as/7SG2

“O programa exerce um papel fundamental no apoio aos jovens carentes que sonham em concluir o Ensino Superior, que querem transformar suas vidas a partir da educação e sair da condição de vulnerabilidade social. Para estas pessoas, o apoio da Bolsa Universitária oferecido pela Prefeitura faz uma grande diferença porque estimula a continuidade deles em sala de aula, superando as dificuldades e criando as condições necessárias para eles cumpram com as atividades universitárias, ajudar no material, alimentação e no transporte”, afirmou o prefeito Luciano Cartaxo.

O programa Bolsa Universitária é uma ação executada pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), que disponibiliza uma ajuda de custo para despesas com passagens, xérox e outras necessidades pertinentes aos alunos carentes para dar prosseguimento aos estudos. De acordo com o edital, serão 50 vagas, que receberão 1/3 do salário mínimo vigente, para as pessoas cadastradas no CadÚnico e que não recebem o Bolsa Família. Há outras 150 vagas, que receberão 1/6 do salário mínimo atual. Estas são destinadas a alunos cadastrados no CadÚnico e que recebem o Bolsa Família. Do total de vagas oferecidas no edital, 10% são destinadas a pessoas com deficiência.

“Esta é uma forma que a Prefeitura encontrou de ajudar os estudantes de baixa renda, em condição de vulnerabilidade social e que precisam de um apoio para cada vez mais poderem investir na própria educação. Passando por todos os critérios e cumprindo as normas do edital, eles podem ter assegurado o benefício até o final do curso, com o acompanhamento que fazemos na Sedes”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Social, Diego Tavares.

As inscrições devem ser realizadas de modo presencial na sede do programa Bolsa Universitária, localizada Rua Prefeito Osvaldo Pessoa, n°552, em Jaguaribe. O resultado da seleção será divulgado no dia 17 de maio. No ato da inscrição, o candidato deve apresentar cópias e originais do Número de Identificação Social (NIS), que é emitido nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e nos Centros de Referência da Cidadania (CRCs). O candidato ainda deve apresentar RG, CPF, comprovante de residência, histórico universitário (com carimbo), declaração de vínculo da faculdade, comprovante de renda pessoal ou familiar e declaração de que se encontra na condição integrante de família inscrita no CadÚnico (essa declaração é emitida no ato da inscrição).

A estudante de Pedagogia na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Elisa Muniz já recebe a Bolsa Universitária há um ano e afirmou que sem este auxílio seria mais difícil continuar acompanhando as aulas. “É uma grande ajuda em todos os sentidos. Quando a gente entra na universidade se depara com outra realidade, obrigações e responsabilidades que sem este recurso, não teria condição de continuar sem passar por muitas dificuldades. É uma luta diária para a gente, pois mesmo estudando em universidade pública não é fácil, e o recurso que é pago pontualmente todos os meses é o nosso suporte. Espero que ele continue por muitos anos para ajudar outros estudantes”, disse.

Luciano amplia Bolsa Universitária e PMJP vai auxiliar 400 estudantes com ajuda financeira

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.