Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Lucas Santino confirma denúncias contra Leto Viana em depoimento na Câmara de Cabedelo

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Cabedelo, Lucas Santino, esteve na tarde desta quarta-feira (26) na Câmara Municipal de Cabedelo, onde prestou depoimento à Comissão Processante que trata do impeachment do prefeito afastado Leto Viana. Em seu depoimento, Lucas confirmou todo o esquema de corrupção investigado pela Polícia Federal e o Ministério Público da Paraíba (MPPB), por meio do Gaeco, na Operação Xeque-Mate, envolvendo políticos e servidores municipais.

Ele ratificou todas as declarações e denúncias feitas à Polícia Federal.

Lucas Santino disse que o prefeito afastado Leto Viana sabia de toda a transação, sendo, inclusive, beneficiário de todo o esquema, que começou com a renúncia do então prefeito Luceninha.

Ele confirmou a compra do mandato e que contou, inclusive, com a participação, de forma direta, do então vice-prefeito da época Leto Viana.

“Nas divisões do pagamento dos cargos teve a participação de forma direta do vice-prefeito na época, Leto Viana”, afirmou.

Citou a ligação do empresário Roberto Santiago no esquema e a participação do radialista Fabiano Gomes , embora, durante a reunião, tenha se recusado a responder mais questões envolvendo Fabiano.

Disse que testemunhou vários pagamentos feitos a vereadores que participavam do esquema. Muitos pagamentos, inclusive, foram feitos tanto por ele quanto pelo prefeito afastado Leto Viana.

Segundo Lucas Santino, Leto tinha a prática habitual de bancar a parte da campanha de alguns candidatos e que quem conseguia se eleger, nomeava pessoas indicadas por Leto, que dessa forma recebia de volta o valor investido na campanha.

Disse que por meio das cartas-renúncia, Leto Viana coagia os vereadores a aprovar os projetos que ele queria.

O ex-presidente da Câmara confirmou a existência de servidores fantasmas na prefeitura de Cabedelo, todos nomeados por Leto. Disse que Leto Viana nomeava pessoas que não iam trabalhar e que o gestor ficava com uma parte do dinheiro, do salário, desses servidores. Alguns servidores, inclusive, só eram beneficiados apenas com o pagamento da contribuição da previdência, uma vez que alguns estavam interessados apenas em contribuir para a previdência, pensando na aposentadoria.

Shopping
Em seu depoimento disse que Leto Viana participou de forma direta para impedir a construção do shopping Intermares e que pagou a vereadores para impedir a instalação do empreendimento.

Lucas Santino é considerado a testemunha mais importante do processo, uma vez que ele foi o pivô da deflagração da Operação Xeque-Mate, a partir de sua delação premiada.

A população de Cabedelo lotou a Câmara Municipal para acompanhar o depoimento, que foi aberto ao público por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF).

Lucas Santino foi ouvido hoje na condição de declarante e não de testemunha, para tentar preservar a delação premiada que fez, segundo informou o advogado Alexandre Soares de Melo, representante do PSOL.

O impeachment do prefeito afastado Leto Viana foi proposto por Marcos Patrício, presidente do PSOL em Cabedelo, que ingressou em maio com o processo na Câmara de Cabedelo. Marcos Patrício participou da oitiva realizada hoje como denunciante.

Depoimento adiado
A oitiva de Lueldo Santino da Silva, irmão de Lucas Santino, que aconteceria hoje, foi adiada para a próxima segunda-feira (1º de outubro), às 14h. O adiamento, segundo o vereador Evilásio Cavalcanti, presidente da Comissão Processante, ocorre por conta da exoneração do corpo técnico da comissão, ocorrida ontem (25). O detalhe é que Lueldo já se encontrava na Câmara e, apesar dos protestos do denunciante, Marcos Patrício, o depoimento de Lueldo foi adiado.

O depoimento do vereador afastado Júnior Datele, que também estava previsto para ocorrer hoje, não aconteceu, uma vez que, como não foi localizado, ele não foi notificado.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Após denunciar falsificação de documentos, Pablo Honorato é demitido da UFPB por Valdiney

UEPB: uma crise democrática

Confusão continua: TRE nega ter chancelado posse de Raissa Lacerda na Câmara

Anteriores

cicimjo

Irmão da Baronesa confirma apoio a Nabor e rejeita “picuinhas”; veja

paulmacca

Paul McCartney confirma dois shows no Brasil da turnê ‘Got back’; saiba onde

fachadaenergisa

Últimos dias para inscrições do curso de eletricista gratuito para mulheres

17187249076671a92b1e1ae_1718724907_3x2_lg

Contra riscos do smartphone, pais dão a filhos celular antigo e relógio-telefone

greveufpbmegafone

Greve de universidades federais termina após 69 dias, mas na PB ainda depende; entenda

conselheiropreso

‘Conselheiro’ de facção que ordenou incêndio de ônibus em João Pessoa é preso no RJ

Elba Ramalho em Santa Rita

Paraíba tem shows em diversos municípios nesta véspera de São João; veja programação

biliu de campina FOTO tv cultura

Biliu de Campina se despede dos palcos e ganha homenagem no São João de Campina Grande

mega sena FOTO marcello casal jr agencia brasil

Apostas de João Pessoa e do Sertão da PB ganham prêmios de R$ 38,4 mil na Mega-Sena

deputado arnaldo jardim FOTO mario agra camara deputados

Senado aprova Marco Legal do Hidrogênio e presidente de comissão comemora