Lobão descarta utilização do FGTS para capitalização da Petrobras

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, descartou nesta quarta-feira (16) a possibilidade de o governo permitir aos acionistas minoritários da Petrobras usar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para participar da capitalização da estatal. Ele participa de audiência nas comissões de Minas e Energia e Desenvolvimento Econômico da Câmara dos Deputados.

Lobão destacou que o uso dos recursos do FGTS durante o governo Fernando Henrique Cardoso aconteceram em “outro momento” e não deve se repetir agora na capitalização que será feita na empresa.

O ministro destacou que a política do governo é deixar o fundo voltado para investimentos em habitação. “Aquele era outro momento. Agora o governo está voltado para usar os recursos do FGTS na habitação popular. O governo está voltado densamente para esta política”.

A capitalização da Petrobras pela União, em valor ainda não definido, fará com que os acionistas minoritários tenham que injetar dinheiro na companhia para manter sua posição atual em números de ações. 

G1

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.