Lindolfo Pires amarga nova derrota contra Ricardo Marcelo

Mostrando indignação, o deputado estadual Lindolfo Pires (DEM) se posicionou contra a votação da manhã de hoje que elegeu a nova mesa diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba. Em um discurso bastante enfático, o parlamentar pediu para que os demais colegas adiassem o processo, e considerou a recondução do atual presidente, Ricardo Marcelo (PSDB) uma "atitude impensada" por parte dos deputados.

“Vamos rever essa história! Proponho abrirmos hoje o processo para votarmos em uma outra ocasião, afinal de contas, por que essa pressa em antecipar em um ano a votação?”, questionou Lindolfo durante o discurso no plenário, porém , logo após a palavra do parlamentar, os deputados começaram o processo que teve 30 votos a favor, e renovou a permanência de Ricardo Marcelo (PSDB) na presidência da Casa.

Apenas Lindolfo Pires e Tião Gomes (PSL) se abstiveram da votação. Além das abstenções, os deputados, Francisca Mota (PMDB), Caio Roberto (PR), Assis Quintans (DEM) e Gilma Germano (PPS), não compareceram à sessão da manhã de hoje.

Ainda antes da votação, o deputado Trocolli Junior (PMDB) tentou amenizar os ânimos dos colegas que se mostravam contrários e esclareceu, em seu discurso, que esta antecipação aconteceu pela "vontade da maioria dos deputados, e pelo trabalho de Ricardo Marcelo a frente da presidência". Para ele, é uma vitória de toda a Casa, e não de interesses políticos. “Foi uma escolha da maioria da Casa”, disse.

De novo
– Em fevereiro, Lindolfo Pires havia retirado sua candidatura a presidente da Assembleia diante da performance de Ricardo Marcelo que conseguiu arrebatar a maioria dos votos. O democrata, contudo, nutria a esperança de conseguir se eleger na próxima eleição, que acabou antecipada para hoje, frustrando mais uma vez os planos do deputado de Sousa.

O mais curioso é que os deputados governistas conseguiram esconder a articulação do líder, que acabou sendo surpreendido pelo rolo compressor dos apoios de Ricardo Marcelo.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.