Líder do governo prevê que mal entendido com Laelson será superado

O líder do Governo na Câmara Municipal de Campina Grande, vereador Fernando Carvalho (PMDB), comentou as declarações e os requerimentos do também vereador governista Laelson Patrício (PT do B) acerca da nova Feira da Prata. Carvalho afirmou que nenhuma obra é acabada em si mesmo e que sempre existirão necessidades de reparos, de melhorias, de correções, pois é preciso que as coisas avancem. “Os requerimentos apresentados pelo vereador Laelson são importantes, são requerimentos que contribuirão para melhor funcionamento do Mercado. Digo isso porque há menos de um mês eu estive em João Pessoa observando o Mercado de Jaguaribe, inaugurado há mais de três anos, e ainda vi correções sendo feitas, barracas sendo retiradas, deste modo, as necessidades de melhoria sempre existirão”, destacou.

Para Carvalho “o Prefeito é humano e quem diz o que quer escuta o que não quer”. Ele acrescentou que o problema, talvez, tenha sido a maneira como as críticas de Laelson chegaram ao conhecimento do prefeito Veneziano: “O prefeito sente tudo isso porque, afinal de contas, ele é humano, mas eu entendo que tudo isso é, absolutamente, superável. O direito de cobrar do vereador é mais do que regimental, é constitucional e, claro, as críticas e as cobranças sempre existirão, assim como as represálias, porque quem diz o que quer escuta o que não quer”, declarou Carvalho. Para o líder do Governo, a maturidade prevalecerá, a conversa será estabelecida no momento oportuno e, seguramente, todos se entenderão, pois Campina precisa avançar.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.