Leonardo Gadelha reivindica aeroporto para região de Sousa

O deputado federal Leonardo Gadelha (PSC/PB) entregou, na manhã desta quinta-feira, 28, ofício ao secretário de Aeroportos da Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República, Juliano Alcântara, solicitando a inclusão da cidade de Sousa-PB na lista dos municípios brasileiros a serem contemplados com a construção de um aeroporto. Sousa está situada a 300 km de Campina Grande – PB e a mais de 200 km de Juazeiro do Norte – CE, as cidades mais próximas a contar com voos regulares.

 
Os aeroportos regionais fazem parte do Programa de Investimento em Logística, anunciado pela presidenta Dilma Rousseff, no final do ano passado. E na Paraíba, somente dois municípios foram inseridos neste programa, Monteiro e Patos. “Além destas duas cidades, precisamos inserir Sousa. A instalação de um aeroporto é um sonho antigo da população de Sousa e da região por ela polarizada”, explica o parlamentar.
 
No documento, Gadelha informa que Sousa é uma cidade de 75.000 habitantes, estando localizada no centro geográfico de uma região (alto sertão) que congrega mais de 400.000 cidadãos. “Somando-se esta informação a outros indicadores, nota-se que o município tem largo potencial econômico. Um bom exemplo dessa potencialidade é o projeto Várzeas de Sousa, maior intervenção do Governo Federal na área de irrigação em todo o estado e um dos maiores do Nordeste”, completa Leonardo.
 
Diante dos dados apresentados pelo deputado, o executivo da Secretaria de Aviação Civil disse estar ciente da necessidade de um aeroporto na região e garantiu que Sousa será inserida já na próxima lista de municípios contemplados com aeroporto regional. “Com estes dados da região,  vamos colocar Sousa no programa”, assegurou Juliano Alcântara.
 
 Além do aspecto econômico, o parlamentar destacou o potencial turístico da cidade. “Ali está localizado o Vale dos Dinossauros, região com algumas das mais nítidas pegadas de animais pré-históricos de todo o mundo, e que, em que pese não ter sido explorado condignamente pelo poder público, vem atraindo visitantes de todos os continentes”, disse.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.