Leonardo Gadelha pede apoio para projeto de irrigação em município da Paraíba

Brasilia – O deputado federal Leonardo Gadelha (PSC) esteve em uma audiência com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. O objetivo foi solicitar apoio para demandas importantes no município de Sousa, interior da Paraíba, e região.

Tendo em vista que o sertão paraibano sofre todos os anos com escassez da água, o parlamentar tratou este tema com o ministro como um dos primeiros. Leonardo Gadelha solicitou apoio para a reformulação da irrigação em São Gonçalo. “Nós sabemos que essa é uma pauta antiga, mas que se reforça agora com a chegada das águas do Rio São Francisco. Obviamente, esse sistema de inundação, que é um sistema que está em desacordo com a época, precisa ser atualizado, e pode ser adaptado para a atual realidade da região. A partir disso, inúmeras famílias vão ser beneficiadas”, afirmou.

Com objetivo de proporcionar mais tranquilidade aos moradores de São Gonçalo, que são popularmente conhecidos na região como ‘colonos’, porque habitam em lotes demarcados pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS), O deputado também tratou com o ministro sobre a possibilidade do Governo Federal repassar a titularidade das terras em caráter definitivo para essas pessoas que já habitam nestes espaços há anos. “Segundo me foi informado pela assessoria do Ministério do Desenvolvimento Regional, já está ‘no forno’ um texto de um projeto de lei, de autoria do governo, que concede a titularidade das terras para todos aqueles que ocupam os perímetros irrigados no DNOCS espalhados por todo o Nordeste. Será um benefício não só para São Gonçalo, mas para outras regiões”, disse o deputado.

Outro tema tratado foi com relação as várzeas de Sousa. O deputado afirma que recebeu uma comissão de representantes do Projeto de Irrigação Várzea de Sousa (Pivas), sobre pleitos essenciais com objetivo de modernizar o sistema de tubulações. Segundo Leonardo, o Ministro se comprometeu em realizar um estudo.

Leonardo Gadelha falou ainda sobre o projeto de águas do Rio São Francisco na região. “Perguntamos ao ministro sobre o prazo para a chegada dessas águas e ele respondeu que entre agosto e setembro. É legítimo imaginar que a gente vá se ‘banhar’ com as águas do Rio São Francisco ainda em 2021”, afirmou.

VEJA TAMBÉM

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.