Mário Tourinho

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal


Leonardo Gadelha, o administrador e a APCA

Seu nome completo é Leonardo de Melo Gadelha, como assim está no “site” da Academia Paraibana de Ciência da Administração (apca.com.br), ilustrado com a respectiva foto em que aparece com o busto encoberto com a pelerine acadêmica e o medalhão próprio à APCA, ou seja, ocupa uma das cadeiras de imortais de tal instituição, no caso a cadeira nº 31 que tem como patrono o administrador Wilson Gomes Mascarenha. Ele, porém, é bem mais conhecido simplesmente como Leonardo Gadelha, relacionando-se seu nome quase sempre ao campo político-partidário, porquanto já exerceu mandato de vice-prefeito de Souza/PB, assim como de deputado estadual e de deputado federal.

Na sexta feira, 18 de setembro corrente, por ocasião da solenidade de posse dos novos dirigentes da APCA, um dos convidados presentes, ao ouvir-me questionar – um pouco antes do início daquele ato – se Leonardo Gadelha já chegara , como que surpreso esse mesmo convidado perguntou-me: “Dr. Mário, o Leonardo Gadelha é administrador e membro desta Academia?! É o mesmo que está como candidato a prefeito de Souza?!”.

Conquanto presidente da APCA até aquela data (dia 18) em que passei a presidência de tal Academia para a colega Luciana Ribeiro Rabay Butcher (que tem Luciane Albuquerque, Gustavo Nogueira e Geraldo Rosa como vice-presidente, diretor administrativo e diretor financeiro, respectivamente), entendo como dever – e necessário – aqui destacar que Leonardo Gadelha é, sim, administrador profissionalmente registrado no Conselho Regional de Administração da Paraíba (CRA-PB), e, obviamente, atendendo ao requisito básico para tal: graduado em administração, neste seu caso pelo Centro Universitário de Brasília. Como interessado no estudo da administração, foi mais longe: pós graduou-se pela mais renomada universidade pública dos Estados Unidos, que é a Universidade de Berkeley, na Califórnia, e, um pouco depois, fez outra pós-graduação, esta junto à Fundação Getúlio Vargas na área de gestão financeira.

Entretanto, o que mais levou a que os membros da APCA aprovassem, em 2019, por unanimidade, o nome de Leonardo Gadelha para compor seu quadro de imortais, foi sua exemplar prática profissional, quer como gerente de marketing de uma grande empresa nacional, quer como consultor do PNUD (Programa das Nações Unidas p/ o Desenvolvimento), quer, principalmente, como presidente nacional do INSS.

Vê-se, pois, tratar-se de um administrador realmente exemplar.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.