Leonardo é cassado e Ricardo Barbosa, absolvido

O deputado estadual Leonardo Gadelha (PSC), teve o mandato cassado por quatro votos a dois na sessão de hoje a tarde no Tribunal Regional Eleitoral. Os votos contra a cassação de Leonardo foram do Corregedor Carlos Neves e do juiz Newton Vita.

Leonardo Gadelha deixou o PSB junto com todos os outros deputados da sigla em outubro de 2009 porque não concordava com a candidatura de Ricardo Coutinho ao Governo. Ele foi acionado pelo diretório estadual do PSB, que queria o mandato de volta.

Ainda na sessão desta sexta-feira, o Tribunal Regional Eleitoral decidiu absolver Ricardo Barbosa (PSB), por quatro votos a três. O voto de desempate foi do juiz Genésio Gomes Pereira Filho.

A côrte eleitoral por maioria acatou o argumento apresentado pelo advogado Ricardo Sérvulo. A tese apresentada era a de decadência do prazo, ou seja, o PSDB e o suplente Ariano Fernandes teriam entrado na justiça fora do prazo pedindo o mandato do socialista.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.