Lei pretende tornar obrigatório diploma de jornalismo em Santa Rita

O vereador de Santa Rita, Adones Júnior (PMDB), protocolou nesta semana o projeto de Lei nº 07/2010 que estabelece a obrigatoriedade do diploma de jornalismo para os profissionais contratados para o exercício de jornalista ou assessor de imprensa na prefeitura de Santa Rita e na Câmara Municipal.

O projeto regulamentando a profissão de jornalista em Santa Rita torna obrigatório a exigência do diploma de jornalismo em contratações por meio de concursos, de processo seletivo simplificado ou de qualquer outro meio no âmbito dos poderes legislativo e executivo.

“A função do jornalista requer conhecimentos técnicos e específicos que qualificam a informação. O jornalista merece ser tratado com respeito. Além disso, a ética jornalística ensinada nas universidades traz qualidade para toda a imprensa”, justificou o vereador Adones Júnior.

Diversas cidades do País estão apresentando o mesmo projeto como forma de valorizar a profissão. Os municípios de Palmas (TO) e Belo Horizonte (MG) já sancionaram leis tornando obrigatório o diploma para a prática do jornalismo.

O projeto deverá entrar em votação na Câmara Municipal de Santa Rita ainda este mês.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.