“Lei não me atinge, estou tranquilo” afirma Genival Matias

O deputado Genival Matias do PC do B, não manifesta preocupação com as mudanças na Leio Ficha Limpa. Ele disse que para ter qualquer alteração na Assembléia o Superior Tribunal Federal teria que modificar a Lei 6490.

– De forma nenhuma, no caso do senador Cássio aí sim, por que ele estava puramente na 135, é o caso também do deputado Márcio Roberto, que só estava enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Mas já o caso do deputado Dinaldo Wanderley e do ex-prefeito Bado, eles estão dentro da Lei 6490 que está em vigor, ela não foi protelada, ela se mantém. A 6490 o torna inelegível. Nada a ver com a Ficha Limpa. A 6490 ele teve votos nulos e nem existia a Ficha Limpa. A 6490 valerá até 2012, no mesmo ano elas serão integradas e ampliadas, mas ela não deixará de existir.

Segundo ele, tanto Dinaldo Vanderlei (PSDB) quanto Bado Venâncio, foram punidos com base na Lei 6490. Ou seja: improbidade administrativa.

– Dinaldo deveria ter entrado com uma liminar para tentar impedir a minha diplomação. Agora ele poderia entrar no lugar de Domiciano, que teria de brigar comigo – afirmou.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.