Laudo de obras de Mercado de Cruz das Armas deve sair em 7 dias

Uma equipe formada por engenheiros do Ministério Público Estadual da Paraíba, vistoriou na manhã de hoje as obras do Mercado Público de Cruz das Armas de João Pessoa.
 
Conforme denúncias dos comerciantes da feira, os engenheiros presenciaram a continuidade da construção dos mini-boxes, mesmo com a decisão do MPPB que na última segunda-feira, 23, determinou a paralisarão temporária das obras e a desobstrução imediata da Rua Silva Mariz.
 
De acordo com a engenheira Cecília Vieira, o MP pediu a máxima urgência na conclusão do laudo técnico. “Vamos sentar para discutir e na próxima semana possivelmente estaremos entregando o resultado da vistoria”.
 
Para a advogada e deputada estadual Najda Palitot, a luta por melhores condições de trabalho dos feirantes vai continuar. “É inadmissível trabalhar num ambiente tão pequeno e sem infra-estrutura adequada. Vamos batalhar para que eles tenham um ambiente de trabalho digno”, disse a parlamentar. 
 
Inconformados com a situação a qual foram submetidos, os feirantes alegaram que os boxes não oferecem a condições de funcionamento, pois segundo eles, são apenas 2 metros quadrados para guardar mercadorias, máquinas e freezeres.
 
Um outro ponto que está causando polêmica é um empréstimo de cerca de R$ 2 milhões que os feirantes terão que adquirir para ter acesso aos boxes. “A reforma é de responsabilidade do Governo Municipal e não da gente. Esse mercado não é nosso é de responsabilidade do poder público”, afirmou Geovane Vieira comerciante do local há mais de 10 anos.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.