Laboratório Central confirma que teste do servidor público Zé Gotinha deu positivo para Covid-19

O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-PB) divulgou, neste domingo (16), o resultado do exame RT-PCR realizado em José Antônio Costa, mais conhecido como Zé Gotinha. O teste deu positivo para Covid-19, o que confirma a causa do óbito por complicações da doença.

Conhecido no meio político em Campina Grande e  na Paraíba, Zé Gotinha chegou a tomar a  primeira dose da vacina da Astrazeneca/Oxford, mas já estava contaminado pelo coronavírus. Zé Gotinha morreu na noite da última sexta-feira (14), no Hospital de Clínicas, onde deu entrada no mesmo dia.

Paulo Ricardo era muito amigo de Zé Gotinha desde os 18 anos e, pelo porte físico parecido, além da proximidade com Zé, foi apelidado inicialmente por Bastos Farias, jornalista, como Gotinha Júnior em 2003, quando os dois se aproximaram. O apelido “pegpu” e até hoje muitos pensavam que Paulo era realmente filho de Zé Gotinha. Ele escreveu uma mensagem de despedida para o amigo que pode ser conferida abaixo.

Meu grande amigo Zé Gotinha.

Sempre fui fascinado por política. Desde criança, pedia a minha mãe para ir aos comícios, olhar carreatas, participar de passeatas e quando passava um carro de som, saia correndo atrás de santinho.

Não sabia eu que no ano de 2003, viria a conhecer Zé Gotinha, pessoa que tinha acesso à classe política, era uma rádio escuta ambulante, sempre atento e atuante nos bastidores, amigo da imprensa, que todos queriam ter por perto por conta das suas fontes bombásticas.

Ele que me deu compasso e régua para ingressar no meio político e me sentir realizado no que fazia.

Tanto foi nosso elo, que fiquei conhecido como Gotinha Jr. Sempre estávamos juntos e vistos no locais públicos da cidade.

Confabulávamos tantas coisas, temos tantas histórias só nossas, risadas intermináveis comentando certos assuntos, que era peculiar sua molecagem.

Um amigo presente, aconselhando e até respeitando alguma diferença que podia ter, mas sempre companheiros.

Você se foi rápido meu amigo, mas suas histórias, seu jeito, seus pensamentos com alcance longe ficaram marcados.

Você foi importante e leal, por onde esteve.

Para sempre, toda classe política, as pessoas que lhe tinham por perto ou lhe teve, vai lembrar de Zé Gotinha.

“ Você meu amigo de fé meu irmão camarada
Amigo de tantos caminhos de tantas jornadas
Cabeça de homem, mas o coração de menino
Aquele que está do meu lado em qualquer caminhada

Me lembro de todas as lutas meu bom companheiro
Você tantas vezes provou que é um grande guerreiro
O seu coração é uma casa de portas abertas
Amigo você é o mais certo das horas incertas”

#Luto #ZeGotinha

Na foto, Zé Gotinha, Arimatéia Souza e Paulo Ricardo, mais conhecido como Gotinha Júnior.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.