Alexandre Moura

Engenheiro Eletrônico, MBA em Software Business e Comércio Eletrônico, Chairman da Light Infocon Tecnologia S/A, VP da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado da Paraíba e Diretor de Relações Internacionais da BRAFIP.


“Kids Money”

Este é o nome de um “game (jogo) para Smartphone” voltado para “educação financeira” de crianças de 5 a 7 anos (na primeira versão), com o objetivo de educa-los, sob a supervisão dos pais, na administração de sua mesada. A ideia é começar a “treinar” as pessoas desde cedo na “administração de sua vida financeira” através de jogo iterativo e divertido, visto que levantamentos de órgãos de proteção ao credito, como o “SPC Brasil”, mostraram que quase 60 milhões de consumidores brasileiros estavam nas listas de inadimplência, no primeiro trimestre deste ano, em sua grande maioria por não saber gerenciar seu dinheiro. O Kids Money ficou em 1º Lugar com nota de 4,43 (o máximo é cinco), na última edição do INCODAY da BRAFIP (www.brafip.org.br) e vem sendo desenvolvido por uma Startup de Campina Grande. A empresa pretende ter mais duas versões do jogo, uma voltada para crianças de 8 aos 10 anos e outra para a faixa etária de 11 aos 13 anos. Excelente ideia!

“Captor”

Outro produto de Campina Grande premiado no INCODAY 2019 foi o “Captor” (ficou em 2º Lugar com nota 4,37), da empresa CGS Sistemas. O Captor é uma “Plataforma App Mobile” (Aplicativo para Smartphone) para controle de Feiras de Negócios e Eventos. Com o Captor é possível a criação e controle do evento com suas respectivas características, gerenciando o “Ambiente do Organizador, do Expositor e do Visitante em uma única plataforma. Além disso, o produto faz a geração da credencial do participante com emissão de QRCode, dentre outras características. O Captor  traz para o smartphone uma perspectiva de facilidade, mobilidade e segurança no controle e organização de Feiras e Eventos em geral, inclusive com “geolocalização”, tanto do evento quanto das equipes envolvidas na realização do mesmo. Mais informações no endereço www.cgsistemas.com.br

CONAREC 2020

Nos dias 1 e 2 de setembro do ano que vem, acontecerá em São Paulo, Capital, a Edição 2020 do CONAREC – Congresso Nacional das Relações Empresa-Cliente. O evento, realizado desde 2003, busca “ampliar a discussão em torno de assuntos relacionados à cultura do cliente, reunindo milhares de profissionais e as principais lideranças das mais importantes empresas do Brasil, para debater conceitos e ideias, capazes de melhorar a forma como as empresas se relacionam com seus clientes”. Na edição de 2020, segundo os organizadores, o CONAREC vai focar na nova relação entre empresas e clientes com o tema “O Consumidor Exponencial: veloz, provocador e disruptivo”. No evento também, acontece à entrega do “Prêmio CONAREC”, o maior reconhecimento de inteligência relacional e engajamento entre os players do mercado de relacionamento com clientes.  Mais informações no site www.conarec.com.br

1.195%

Este percentual não é o índice de inflação da Venezuela, que é imensamente maior, é o percentual de crescimento das reclamações recebidas pelo PROCON de São Paulo, com relação aos “aplicativos de entrega de comida”, em 2019. Ao longo do ano, foram registradas “1.036 queixas contra os quatro principais aplicativos de comida utilizados em São Paulo: Uber Eats , iFood, Loggi e Rappi”. O pior é que a comunicação “consumidor-aplicativos de entrega de comida” é muito ruim, para dizer o mínimo. Por exemplo, o “iFood” só disponibiliza contato pelo “chat” (não tem telefone) e não disponibiliza protocolo de atendimento, deixando o consumidor sem comprovação clara do contato efetuado e do tipo de reclamação. No geral, a maioria das reclamações se concentra na “entrega da comida em embalagens danificadas e até faltando parte da comida!” Será que, em nível de Brasil, as reclamações são as mesmas e com índices de crescimento, semelhantes? Desconfio que a resposta seja sim.

Feliz 2020!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.