Justiça bloqueia pagamento do salário de Edmar Moreira

A presidência da Câmara dos Deputados confirmou que a Casa bloqueou o salário do deputado Edmar Moreira (sem partido-MG) referente ao mês de março. Ele também não receberá os vencimentos de abril, pagos aos demais parlamentares entre os dias 21 e 24 de maio. O bloqueio aconteceu devido a um processo relacionado a causas trabalhistas, segundo a assessoria da Câmara.

A determinação foi da Justiça do Estado de São Paulo e chegou à Câmara dos Deputados antes do feriado de 21 de abril. O bloqueio ocorreu a partir desta semana. O deputado não foi encontrado para comentar a decisão da Justiça.

O processo contra o deputado mineiro foi instaurado no dia 1º de abril por denúncias de uso indevido da verba indenizatória a que cada deputado tem direito, no valor de R$ 15 mil mensais. Moreira é suspeito de ter pago com recursos da Câmara empresas de segurança de sua propriedade.

No início deste ano, Moreira chegou a ocupar o cargo de corregedor da Câmara. Dias depois, ele renunciou ao cargo por causa da descoberta de que ele havia omitido de sua declaração de Imposto de Renda que era dono de um castelo avaliado entre R$ 20 e R$ 25 milhões, no interior de Minas Gerais. 
 

Agência Brasil

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.