Júri de acusados pelo assassinato de Tozzi é adiado

Nesta quinta-feira, 9, o juiz Salvador de Oliveira Vasconcelos, titular da 1ª Vara Mista de Cabedelo, adiou para o dia 24 de março de 2011, o julgamento de Hedilberto Ribeiro Leite e Samuel Figueiredo Ferreira Lima, acusados, em tese, pelo assassinato do estudante Adriano Tozzi, ocorrido no dia 11 de novembro de 2000. A sessão foi adiada a pedido do advogado de Hedilberto, que não pode comparecer por ter se submetido, recentemente, a uma cirurgia. Já o advogado de Samuel renunciou minutos antes.

Os réus foram condenados, em 2004, pelo Júri popular, mas a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba entendeu que os quesitos formulados para o Conselho de Sentença induziam os jurados a erro. Por este motivo, anularam o julgamento.

O estudante foi morto no bar Portal das Cores, em Intermares, durante uma briga que envolveu várias pessoas. Na ocasião, houve um disparo que atingiu Adriano e ocasionou a sua morte. Os acusados aguardam o julgamento em liberdade.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.