Jungmann admite que membros do Comando Vermelho podem migrar para a PB

A convite do vice-presidente do Senado Federal, Cássio Cunha Lima, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, esteve na Vice-Presidência da Casa, no começo da noite desta terça-feira (6), para acertar detalhes de uma reunião em breve com a bancada federal da Paraíba para tratar dos números estarrecedores da violência no Rio de Janeiro, no Brasil como um todo e da Paraíba em particular.

– O senador Cássio é uma referência no Brasil e no Senado da República e precisamos dele para que discutamos questões cruciais como a lentidão da estrutura recursal, bem como o ciclo completo das polícias e a política nacional antidrogas.

O ministro admitiu a preocupação de que a intervenção federal no Rio de Janeiro termine por “empurrar” mais bandidos para a Paraíba.

– A tendência é que membros do Comando Vermelho migrem para outros estados, a Paraíba entre eles – afirmou Jungmann.

A revista Piauí, da Folha de S. Paulo, que mantém uma coluna chama “Agência Lupa” a fim de verificar a veracidade das informações nesses tempos de “fake news”, afirma que está absolutamente correta a afirmação de Cássio.

O senador afirmou, no plenário do Senado, que: “No caso da Paraíba, no que diz respeito a homicídios, entre 2008 e 2016, registrou-se um crescimento de 39%. No Rio de Janeiro, se verificou um decréscimo de 8%”.

Segundo a revista, “a informação está correta. Esses números indicam a variação na taxa de homicídios dos dois estados (Paraíba e Rio) entre as edições de 2010 e 2017 do Anuário Brasileiro de Segurança Pública”.

Para Cássio, “todo paraibano tem sentido na pele, e no número de assaltos e sobressaltos, o crescimento da violência que grassa no estado”.

O senador afirmou que o momento é de unidade para proteger a população das duras e drásticas consequências da bandidagem.

Comentários