Júlio Rafael estranha oposição de Cartaxo a Ricardo

O superintendente do Sebrae da Paraíba, Júlio Rafael, fez hoje mais um exercício de ironia ao reconhecer o "mérito" do governo de Ricardo Coutinho (PSB) ao deixar o deputado estadual Luciano Cartaxo (PT) na oposição. Segundo Júlio, toda sua trajetória política, Cartaxo jamais havia se posicionado contra qualquer administração. O début estaria sendo agora, na gestão do PSB:

– Fui vereador em 96 com Luciano Cartaxo. Ele nunca fez oposição. Tinha uma relação com o governo Cícero que era muito gentil. Lançamos Avenzoar Arruda como candidato a prefeito em 2004, ele apoiou, dormiu apoiando Avenzoar e acordou como líder de Ricardo Coutinho. Ou seja: ele nunca foi oposição. Pelo menos, esse mérito, o governo de Ricardo Coutinho tem: ter feito que Luciano Cartaxo se assuma como oposição.

Em uma entrevista concedida ao programa Tambaú Debate, da Nova Tambaú FM, Júlio se autodefiniu como membro da "velha guarda" do PT paraibano e defendeu uma posição de protagonismo do partido nas eleições de 2012. Em meio a críticas à atual direção do PT paraibano e ao presidente do diretório estadual, Rodrigo Soares, Júlio disse que é preciso discutir as estratégias para as eleições municipais do ano que vem:

– Rodrigo Soares fragilizou o PT ao escantear Luciano Cartaxo depois de vencer as eleições internas do partido. Nós não podemos continuar sendo um partido marginal, à margem da política paraibana. O PT deve discutir sua atuação no Estado, tendo como principal interlocutor o PSB. O que eu tenho visto é apenas uma discussão para o PT ter candidato em João Pessoa. Em Campina Grande, não se fala. O presidente do PT de Campina Grande é assessor de uma deputada do PMDB: Nilda Gondim. O que estão querendo com esse debate é fazer oposição apenas ao Governo estadual, através de um contraponto à gestão municipal de João Pessoa.

Finalmente, Júlio admitiu que o PT tenha candidato próprio, mas emendou que não pode ser adversário de Luciano Agra:

– O PT não pode ter uma candidatura de oposição, é aliado e faz parte do governo municipal. Nós apoiamos a eleição e integramos o governo. Luciano tem feito um bom governo. Nós precisamos definir que candidaturas vamos lançar. Acredito que o PT deva ter candidato nas principais cidades do Estado, especialmente em Campina Grande.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.