Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Julian vê grande instabilidade com saída de Moro: “Bolsonaro caminha para o impeachment”

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O pedido de demissão feito pelo agora ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, foi analisado no início da tarde de hoje pelo deputado federal Julian Lemos em entrevista ao ParlamentoPB. O parlamentar lembrou ter alertado para a fritura de Moro ainda em janeiro deste ano e previu uma “grande instabilidade” no governo federal com o desembarque do ex-juiz:

“É um momento que traz instabilidade política muito grande porque não é apenas a saída de um ministro, mas de um ministro que simboliza a Justiça. O currículo de Moro inspirou brasileiros mesmo antes do presidente Bolsonaro porque ele reconfigurou a Justiça do Brasil. Eu avisei que ele estava sendo fritado. O trabalho de Moro é excepcional e respondia aos anseios da sociedade, diferente do que nosso presidente está fazendo. Moro fala de uma direta interferência do chefe do executivo, o que é grave e o governo perde sua essência, sobretudo depois das alianças feitas com partidos que eram da base de Michel Temer e Dilma Rousseff e que fazem o presidente se afastar totalmente de seu discurso”, disse o deputado e presidente do PSL da Paraíba.

Para Julian, Bolsonaro caminha para o isolamento ao lado dos filhos e provocará um impeachment que levará o vice-presidente, General Hamilton Mourão, à presidência da República.

Segundo o parlamentar paraibano, o próximo a deixar o governo será o ministro da economia, Paulo Guedes.

“O próximo será Paulo Guedes, depois PR irá se auto isolar mais ainda com os filhos, depois acabará, provocará um impeachment que levará o Mourão a presidência, que fará em dois anos o que Jair não faria em oito. o país então terá paz”, postou Julian nas redes sociais.

 

 

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Anteriores

edsonfachin

Ministro do STF decide arquivar ação contra reeleição antecipada de Adriano Galdino

Sodiê

Governo da Paraíba dispensa emissão de documentos fiscais em mercadorias doadas ao RS

lovina

MPF intervém e Prefeitura de Cabedelo demole obra ilegal de contenção marítima do Lovina

chuvasrs (1)

Com chuva forte, água sobe pelos bueiros e volta a inundar ruas em Porto Alegre

1af1367b-89e5-4e87-ae7e-586266147ed4

Paraíba participa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite a partir de segunda

tourinho1 (1)

APCA homenageia imprensa da Paraíba com a Comenda Acadêmico Mário Tourinho

Poste, batida

Paraíba registra 242 colisões em postes este ano; João Pessoa e Campina lideram

Lixão a céu aberto

Prefeitura de Catolé do Rocha deve pagar indenização por lixão a céu aberto

Luciano Cartaxo 3

Luciano Cartaxo tem alta e deixa hospital em João Pessoa

PF operação

Operação da PF mira empresas clandestinas de segurança privada