Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Julho terá bandeira amarela nas contas de energia elétrica

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A bandeira tarifária utilizada como referência nas contas de luz do mês de julho será a amarela. O anúncio foi feito nessa sexta-feira (28) em comunicado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Com a medida, as cobranças terão um acréscimo de R$ 1,50 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

O adicional retorna às contas após a autoridade reguladora ter definido bandeira verde em junho, situação em que não é cobrado acréscimo nas contas. No comunicado, a Aneel justificou a bandeira amarela pelo fato de julho ser um mês “típico da seca nas principais bacias hidrográficas do país”.

“A previsão hidrológica para o mês sinaliza vazões abaixo da média histórica e tendência de redução dos níveis dos principais reservatórios. Esse cenário requer o aumento da geração termelétrica, o que influenciou o aumento do preço da energia (PLD) e dos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) em patamares condizentes com o da Bandeira Amarela”, justificou a agência.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. O funcionamento das bandeiras tarifárias tem três cores, a verde, a amarela e a vermelha (nos patamares 1 e 2), que indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração.

O cálculo para acionamento das bandeiras tarifárias leva em conta, principalmente, dois fatores: o risco hidrológico e o preço da energia. Os recursos pagos pelos consumidores vão para uma conta específica e depois são repassados às distribuidoras de energia para compensar o custo extra da produção de energia em períodos de seca.

No dia 21 de maio, a Aneel aprovou um reajuste no valor das bandeiras tarifárias. Com os novos valores, caso haja o acionamento da bandeira amarela, o acréscimo cobrado na conta passou de R$ 1 para R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos. Já a bandeira vermelha patamar 1 passou de R$ 3 para R$ 4 a cada 100 kWh e no patamar 2, passou de R$ 5 para R$ 6 por 100 kWh consumidos. A bandeira verde não tem cobrança extra.

 

 

 

Por Agência Brasil

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Banco do Nordeste nomeia novo superintendente na Paraíba

Prefeito paraibano fala de “infelicidade” de ter filhos autistas e servidora acrescenta: “São doidos”

Anteriores

ataque gaza 140724 FOTO PCRS org humanitaria

Após novo ataque à Gaza, Lula diz que Israel segue sabotando processo de paz

Três homens são presos suspeitos de tráfico de drogas em Guarabira

Três homens são presos suspeitos de tráfico de drogas em Guarabira

entregador FOTO Pixabay

Sine-PB oferta 533 vagas de emprego em 10 municípios paraibanos

onibus acidente sobrado br-230_

Ônibus que seguia para Vila Sítio São João tomba na BR-230, em Café do Vento

João Azevêdo entrega Casa da Cidadania do bairro do Bessa, em João Pessoa

João Azevêdo entrega Casa da Cidadania do bairro do Bessa, em João Pessoa

presidente lula FOTO fabio rodrigues pozzebom agencia brasil

Presidente Lula repudia atentado contra Donald Trump

mega sena FOTO rafael neddermeyer agencia brasil

Mega-Sena premia 28 apostas da Paraíba

Nilvan discute prioridades para os jovens de Santa Rita durante plenária

Nilvan discute prioridades para os jovens de Santa Rita durante plenária

mulher FOTO Pixabay

Homem é preso suspeito de agredir e ameaçar esposa com arma em Brejo do Cruz

meteoro

Queda de meteoro ilumina céu do Nordeste