Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Juiz esclarece polêmica, descarta posse de Nadja e diz que vaga é do PSB

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O juiz eleitoral Carlos Sarmento, que até ontem integrou o Tribunal Regional Eleitoral, diferenciou hoje, em entrevista à Rede Paraíba Sat, o caso da convocação de um suplente para substituir o deputados estadual Guilherme Almeida (PSC) do episódio registrado quando Dunga Júnior resolveu se licenciar do mandato, gerando a posse do suplente Ricardo Barbosa, na Assembleia Legislativa. De acordo com Sarmento, um caso de infidelidade partidária como o de Guilherme deixa claro, na sentença, que o suplente a ser convocado deve ser do PSB. Com isso, na prática, fica descartada legalmente a convocação de Nadja Palitot, que disputou a eleição pelo PSB e ficou na suplência. Hoje filiada ao PSL, a deputada não poderia assumir o cargo, que deve ser preenchido pelo suplente Alexandre Urquiza.

– Pela jurisprudência do TSE já fica claro. A decisão de ontem conclui que seja feito comunicação à Assembleia para que o suplente da vez, filiado ao PSB, seja convocado. Quem perdeu o mandatário, em tese, foi o PSB, que entrou com uma ação para recuperar o mandato que pertence ao partido. A decisão já deixa claro e é diferente do caso de vacância do cargo em caso de vacância ou morte: aí, assume o suplente da vez que for da coligação ou se o partido concorreu sozinho. É uma substituição normal, mas no caso de infidelidade partidária, assume o suplente que estiver filiado ao PSB.

Encontros políticos – Sarmento também comentou a realização dos encontros políticos na Paraíba. Ele disse que a legislação proíbe a campanha antecipada e que os pré-candidatos peçam votos:

– É aquela situação em que alguém se apresenta como candidato e diz ser o melhor, que o projeto é o melhor de todos, e pede votos. Na eleição passada, o TSE admitiu que o pré-candidato apresentasse uma plataforma de governo, mas não propostas. É preciso ter cuidado. Não se pode fazer propaganda antecipada para conquistar os votos do eleitor.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

f6e0316c-7fcf-455c-97a6-45997afb091b

Relatório de Efraim à PEC que criminaliza o porte de drogas é aprovado no Senado

camaradiasdavila

Vereadores de município baiano aprovam reajuste de R$ 0,46 para professores

chuvasjp (2)

João Pessoa tem média de 29 mm de chuvas em 24 horas, mas sem ocorrências graves

alpbabre (1)

ALPB garante acompanhantes para mulheres em procedimentos médicos com sedação

odonecico

Sancionada Lei que proíbe fogos de artifício com estampido em João Pessoa

1713220734661dac7e30ef1_1713220734_3x2_lg

Unimed manda cancelar plano de saúde de idosa de 102 anos

alph-ufpb (1)

Caso Alph: Ex-namorada é julgada pela morte de estudante da UFPB

Unimed JP 1

Unimed JP abre seleção para médicos atuarem em unidade de serviço domiciliar

Gervásio Maia, deputadoo

Projeto de Gervásio quer garantir fornecimento gratuito de repelentes para inscritos no CadÚnico

Vitor Hugo e Wallber Virgolino

Vitor Hugo diz que se Wallber entrar em bairro de Cabedelo será metralhado; deputado reage