Juiz eleitoral faz hoje última oitiva do Caso Maranata

A fase de oitiva de testemunhas da  Ação de Investigação Judicial Eleitoral da Maranata termina hoje. A partir das 8h30, o juiz da 16ª Zona Eleitoral, Francisco Antunes Batista, vai ouvir Israel Cardoso da Silva, como testemunha referida. Depois, a Aije entra na fase de alegações finais, com a opinião do Ministério Público,  advogados de Rômulo Gouveia (PSDB), segundo colocado nas eleições – e a defesa do prefeito Veneziano Vital do Rêgo e vice José Luiz Júnior.

O processo já tramita há 19 meses na 16ª Zona. Na Ação, o MPE pediu a cassação dos diplomas do prefeito Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) e do vice José Luiz Júnior (PSC), denunciando suposto abuso do poder político e econômico e captação ilícita de recursos e sufrágios, através de contrato da prefeitura com a empresa Maranata Construtora e Prestadora de Serviço Ltda no valor de R$ 10,6 milhões para prestação de serviços.

A Promotoria Eleitoral ainda solicitou a inelegibilidade do ex-secretário municipal de Ação Social, Robson Dutra da Silva, presidente do PPS, do secretário de Administração, Constantino Soares Souto, e dos sócios-administradores da Maranata, Paulo Roberto Bezerra de Lima e Lincoln Thiago Bezerra, e dois candidatos a vereador.

Outras ações – O juiz Francisco Antunes julgou improcedente, nos últimos meses, três Aijes contra Veneziano.  Mas, por conta da chamada Aije do Cheque, na semana passada, determinou a cassação dos mandatos de Veneziano e de Zé Luiz.


Jornal da Paraíba

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.