Jota Júnior lança nota, vê injustiça do TSE e diz que fica na Prefeitura

Uma nota foi emitida hoje pelo prefeito de Bayeux, Jota Júnior (PMDB), para comentar a decisão do TSE emitida na noite de ontem, quando o gestor foi tornado inelegível. Em seu documento, ele se diz injustiçado pelo entendimento de que teria cometido abuso de poder em 2006, mas acrescenta que permanecerá no cargo. Confira a íntegra do texto:

Na noite dessa terça feira (09/06), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apenas confirmou a decisão já conhecida do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, que me declarou inelegível a partir de outubro de 2006 por um período de três anos.

Mantenho-me na opinião de que fui injustiçado, porque toda a Paraíba e Bayeux sabem que minha história de vida foi marcada por fazer o bem a todos. Nunca fiz mal a quem quer que seja, nunca houve perseguição a ninguém, muito menos coação a servidores. Ao contrário: minha conduta foi a de buscar o bem indistintamente e é assim que as pessoas me conhecem.
 
Por esta razão, recorrerei a todas as instâncias possíveis, na esperança de que a justiça do meu País perceba que as acusações que me são imputadas não passam de inverdades, forjadas por mero interesse político-eleitoral.

No entanto, devo dizer de forma veemente e tranqüilizadora, que mesmo admitindo a confirmação dessa decisão em todas as instâncias, ela em nada afetará meu atual mandato como prefeito de minha cidade.

Isso porque fui considerado apto pela Justiça Eleitoral de Bayeux, à época do registro das candidaturas em 2008. Tanto que fui candidato, fui eleito, diplomado e empossado, tendo o TRE-PB e o próprio TSE confirmado a legalidade do meu mandato até 31 de dezembro de 2012, se Deus permitir.

Diante desta declaração esclarecedora, espero não necessitar mais falar sobre este assunto que por mim está superado.

Meu foco será a continuidade da minha administração, que vem procurando transformar Bayeux numa cidade mais humana e dotada de obras e programas sociais, nunca antes vistos em sua história. Tenho a certeza que ainda tenho muito a fazer, mas tenho a consciência tranqüila de que muito também já foi feito.

 

Bayeux, 10 de junho de 2009.

JOTA JUNIOR
PREFEITO

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.