José Serra diz que impasse no PSDB será resolvido na Paraíba

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), participou hoje à tarde da Rede Paraíba Sat, e declarou que não vai interferir em prol de nenhuma das correntes tucanas existentes na Paraíba no que diz respeito à tese de candidatura própria ao Governo da Paraíba. Segundo ele, o assunto deve ser decidido pelas lideranças paraibanas e ficará a cargo de Cássio Cunha Lima e Cícero Lucena:

"Aí, é um assunto que o Estado vai resolver, nosso pessoal aí vai resolver. Temos Cássio Cunha Lima que é um grande companheiro, foi excelente governador, que sofreu a injustiça que todos conhecemos. Temos Cícero Lucena, que trabalhou comigo quando fui ministro do Planejamento, ele foi ministro da Integração Nacional, é um homem competente e sereno. Tem muitos companheiros aí e nosso partido vai tomar uma decisão e eu vou seguir. Eu não vou interferir aí. Eles vão encontrar o melhor caminho e eu vou seguir", declarou Serra, em entrevista aos jornalistas Cláudia Carvalho e Arimatéia Sousa, cujo áudio pode ser conferido acima.

Ele ainda agradeceu à simpatia do eleitorado paraibano à sua pré-candidatura à presidência da República: "Fiquei muito contente e queria agradecer à população paraibana pela homenagem e pelo reconhecimento ao trabalho que fiz no passado, como ministro da Saúde e do Planejamento e também pelo que ouvem falar meu trabalho como governador do São Paulo. Essa manifestação é um prêmio que recebo".

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), teve 48% das intenções de votos na Paraíba, segundo a aferição realizada de 8 a 11 de outubro ouvindo 812 eleitores em todo o Estado. Em segundo lugar, a ministra Dilma Rousseff teve 15%. Ciro Gomes foi citado por 12%, enquanto Heloísa Helena foi a preferida de 7% e Marina Silva chegou em último com 5%.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.