José Maranhão garante ter maioria simples na Assembleia

Marcela Sitônio

O governador José Maranhão (PMDB) reafirmou hoje de manhã que tem a maioria dos votos na Assmebleia Legislativa, com vantagem suficiente para aprovar as matérias de interesse do Executivo, quando a matéria exigir um quorum de maioria simples para aprovação, ou seja, 19 votos, só não revelou se está assegurada a maioria qualificada (22 votos).
 
O teste da maioria qualificada poderá acontecer nos próximos dias, quando entrar em votação no plenário a Proposta de Emenda à Consitituição (PEC), enviada à Casa pelo ex-governador Cássio Cunha Lima, propondo a extinção do Tribunal de Contas do Município (TCM)."Até agora não houve necessidade que implique maioria qualificada", disse Maranhão.
 
Ao ser indagado sobre os nomes já conquistados na Assembléia Legislativa para compor sua base aliada de sustentação, Maranhão não citou personagens, mas não desmentiu que os deputados Branco Mendes (DEM), João Gonçalves (líder da bancada do PSDB) e Nivaldo Manoel (PPS) já estão alinhados com a base governista na Assembleia.
 
Maranhão argumentou que não pretende cooptar adversários. "Defini muito bem essa questão quando assumi o governo e a linha ainda é a mesma. Nós não queremos cooptar deputados de oposição. Nós discutimos com os deputados os projetos que temos a apresentar. Quando digo que temos maioria é porque temos a certeza de que os projetos que apresentamos são de interesse da Paraíba", pregou.
 
Segundo o governador, sua base na Assembléia Legislativa hoje tem um número suficiente de deputados de oposição que já conversaram com ele e se mostraram sensível aos seus apelos. "Vamos unir as forças em benefício do projeto administrativo da Paraíba", disse.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.