João Ricardo Coelho esgota prazo e adia apreciação do caso dos brindes

O juiz João Ricardo Coelho não apresentou hoje à tarde o seu voto vista sobre o Recurso Eleitoral (RE) nº 1555, movido pela coligação "Por Amor a João Pessoa" contra o prefeito Ricardo Coutinho (PSB). O magistrado decidiu esgotar o prazo e adiou para a semana que vem seu parecer a respeito da acusação de que o socialista teria distribuído brindes na festa dos Motoristas no ano passado, em pleno período eleitoral.

A Justiça Eleitoral decidiu adiar para a sexta-feira o feriado do servidor público e na próxima segunda-feira, 2, dia de finados, também não haverá sessão. Portanto, a apresentação do voto vista de João Ricardo se dará na quinta-feira, 6.

O relator da matéria, o desembargador Nilo Ramalho, acatou a alegação de que houve cerceamento de defesa do prefeito e votou pelo retorno do processo à 64ª zona eleitoral, onde foi originada, para que as partes sejam novamente ouvidas. Além de Nilo Ramalho, o corregedor eleitoral, Carlos Sarmento, o juiz Carlos Neves e o desembargador Leôncio Teixeira votaram pela volta de ação para 64ª zona eleitoral. Após o voto vista de João Ricardo Coelho, a juiza federal Niliane Lima será a próxima votar.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.