João propõe homenagem ao aniversário de Lena e gera polêmica no PSDB

O deputado estadual João Gonçalves se meteu em mais uma polêmica por causa do Governo Maranhão III. Desta vez, o parlamentar apresentou um voto de aplauso ao aniversário da jornalista Lena Guimarães, secretária de Comunicação do Governo do Estado. A data natalícia da auxiliar governamental foi comemorada com festa badalada no último dia 12. Enquanto isso, o requerimento ainda não foi votado, mas começou a gerar discussões na base tucana. O deputado Zenóbio Toscano disse que não se recordava de outra proposta semelhante durante sua atuação parlamentar:

"É uma coisa sem sentido. Não há como aprovar voto de aplauso a todo aniversário que se comemora. É inusitado. Não me recordo de ter tomado conhecimento de outra proposta semelhante. Essa matéria não foi votada ainda, mas parece uma provocação", disse ele ao Parlamentopb.

João Gonçalves tem tido sua condição de líder do PSDB contestada porque continuou presença frequente nos eventos do Governo mesmo depois de 17 de fevereiro, quando José Maranhão chegou ao poder, depois de conseguir na Justiça a cassação de Cássio Cunha Lima, colega de partido de João. Ressentido, o próprio Cássio externou a amigos e aliados seu desconforto com o comportamento de João. Em uma das últimas reuniões da bancada de oposição, o presidente da Assembleia chegou a comentar que João estava descontente com as cobranças e analisando sua saída da liderança do PSDB. Horas depois, o deputado negou tudo e disse que só sairia se o cargo lhe fosse exigido.

Na próxima semana, é possível que a liderança hoje ocupada por João passe para outras mãos. A tese predominante no bloco de oposição prevê a construção de duas lideranças distintas: uma para os partidos PSDB e DEM, cuja responsabilidade seria de Romero Rodrigues, e outra para o PP, PPS, PTB e PDT, provavelmente capitaneada por Manoel Ludgério.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.