João Pessoa enfrenta surto de gripe e procura por atendimento aumenta nas unidades de saúde

João Pessoa enfrenta hoje um surto de gripe. A informação foi confirmada ao ParlamentoPB pela assessoria da Secretaria Municipal de Saúde. Nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), é grande o aumento no número de pacientes com sintomas gripais. Algumas, inclusive, registraram mais de 500 consultas em 24h, conforme postou nas redes sociais o secretário executivo de saúde de João Pessoa, o médico intensivista Luís Ferreira de Sousa Filho.

Para atender a demanda de pacientes, ele, inclusive, anunciou o aumento da equipe médica com a adição de mais dois médicos. “Agora teremos 4 médicos na porta de entrada para tentar dar celeridade à assistência”, declarou.

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou, na última terça-feira (21), a circulação comunitária do vírus Influenza A. O agravo é uma Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), na qual a pessoa pode apresentar febre, tosse, coriza e obstrução nasal. Os casos registrados no estado foram na forma leve do agravo.

De acordo com o secretário de Saúde do Estado, Geraldo Medeiros, este é o momento de reforçar a vigilância sobre as síndromes gripais.

“O cenário remete à necessidade de fortalecimento da assistência para os casos que têm maior vulnerabilidade para agravamento do quadro clínico. Neste momento é importante que todos os casos graves de SRAG sejam testados para covid-19 e, se negativarem, as amostras devem ser testadas no Lacen/PB para demais vírus respiratórios”, enfatizou o secretário.

A Secretaria de Estado da Saúde da Paraíba reforça a orientação do fortalecimento das medidas não farmacológicas, como o distanciamento físico, o uso de máscaras, a higiene das mãos e as boas práticas de etiqueta respiratória. Todas essas medidas são comprovadamente eficazes para controlar diversas doenças, inclusive a covid-19 e a influenza, sendo primordiais para a redução da transmissão do vírus e a proteção coletiva.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.