João Gonçalves permanece no PSDB, mas diz que não vai radicalizar

O deputado estadual João Gonçalves garantiu hoje que estão debeladas as chamas que apontavam para sua desfiliação do ninho tucano. Ontem, o parlamentar foi a Brasília e manteve contatos com dirigentes nacionais do PDT e PTN, mas acabou sendo convencido pelo senador Cícero Lucena a permanecer no partido. Em entrevista na Rede Paraíba Sat, o parlamentar declarou que seu desejo de mudar de sigla se deu por causa da indefinição quanto ao apoio do PSDB para o Governo:

"Já fui do PDT e recebi o convite do partide e de outros para me filiar. Meu partido estava naquela discussão, tentando encontrar uma definição quanto a 2010. Nós nos demos a liberdade de criar um debate maior, mas o que estamos tentando internamente é crescer e ampliar o partido. Queremos trazer outras siglas para agregar valor a esse projeto. Eu fico no PSDB", declarou.

Apesar do "fico", João não parece disposto a ceder aos apelos do ex-governador Cássio Cunha Lima para engrossar o nível do discurso da oposição: "Cássio me conhece e eu, à época do Governo dele, sempre tive trânsito com a oposição para buscar apoio para as matérias do Governo. Não sou radical. Sou oposição, mas esse é meu estilo. Não vou radicalizar. Não faço uma política pessoal. Eu critico ações administrativas e não as pessoas", comentou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.