João critica Ricardo Coutinho e diz que bancada do PSB é medrosa

Em seu discurso na tribuna da Assembleia Legislativa, hoje à tarde, o deputado estadual João Gonçalves (PSDB) fez duras críticas ao prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho. O parlamentar afirmou que a declaração do gestor, feita ontem à imprensa, de que o deputado Guilherme Almeida sofreria de “esquizofrenia política” foi um desrespeito aos portadores da doença.
 
“Deve se ter respeito aos portadores da doença e seus familiares, seja o prefeito ou o desqualificado que for. Não se trata de uma disputa política, mas de uma questão de moral. Esta Casa não pode se calar diante disso”, discursou.
 
João Gonçalves considerou que as declarações de Ricardo Coutinho tiveram conotação pejorativa aos portadores de esquizofrenia e que o desrespeito não teria sido apenas ao pessebista, mas também à Assembleia Legislativa, já que Guilherme Almeida cumpre mandato no Poder Legislativo. “Ninguém pode falar desse jeito independentemente do cargo que esteja exercendo. Ele deve diminuir a prepotência”, sugeriu João Gonçalves.

Em outro ponto de seu pronunciamento, João chamou a bancada do PSB de medrosa porque nenhum parlamentar foi a público para defender Guilherme: "É um bando de medrosos. Deveriam defender o colega".
 
O alvo de toda esta polêmica, o deputado estadual Guilherme Almeida que move uma ação na Justiça Eleitoral que lhe garanta o direito de sair do PSB para assumir o cargo de secretário de Interiorização no Governo José Maranhão chegou instantes depois das declarações inflamadas do colega parlamentar. Após se inteirar das palavras de ‘defesa’ do deputado tucano, Guilherme disse que as recebia como um gesto de solidariedade às agressões feitas por Ricardo. “Foram declarações de desequilíbrio e desrespeito”, completou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.