João Almeida quer expulsão de Iraê e filiação de Cícero

O vereador João Almeida (PMDB) fez hoje uma consistente defesa da importância de seu partido no cenário político paraibano. João disse que o PMDB terá candidato a prefeito de João Pessoa em 2012 e citou os nomes do governador José Maranhão, do sobrinho Benjamim, e também do deputado federal Manoel Júnior como nomes fortes para o pleito.

– O PMDB vai ter candidato a prefeito de João Pessoa e já tem vários pré-candidatos. São políticos que tiveram mais de 20 mil votos na capital paraibana que têm cacife e história para figurar no pleito. Entre eles estão os deputados federais Benjamim Maranhão e Manoel Júnior, além do governador José Maranhão, se quiser concorrer.

Entra e sai – O parlamentar, que ocupa o mandato em substituição a Fernando Milanez, criticou duramente a colega Iraê Lucena e defendeu a expulsão da deputada por causa do apoio dela ao governador eleito Ricardo Coutinho (PSB).

– Tivemos algumas perdas na eleição, que eu acho que não são grandes. Há pessoas que foram julgadas pelas urnas e perderam. Iraê Lucena foi contra o PMDB e deve estar fora mesmo, sob pena de ser expulsa. Vai haver uma filtragem e uma depuração e a expulsão é o melhor remédio.

Ao mesmo tempo que prega a expulsão de Iraê, o vereador diz que o PMDB "está de portas abertas" para receber o senador Cícero Lucena, presidente estadual do PSDB e aliado do governador José Maranhão:

– Cícero tem um grande potencial político e tomara que ele venha ao PMDB. As portas estão abertas para ele. Será uma grande conquista a filiação de Cícero, por sua história e por sua coragem e altivez, mostrada no último pleito. Ele seria uma grande aquisição para o partido.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.