Jeová declara que candidatura a federal independe de Couto

Cláudia Carvalho

Diante da ameaça feita pelo deputado federal Luiz Couto de concorrer novamente a uma vaga na Câmara, por causa das reações contrárias de representantes do PT paraibano, o estadual Jeová Campos, anunciado candidato a federal, minimizou o fato e disse que mesmo se Couto for disputar a reeleição, ele mantém sua disposição de buscar uma vaga como parlamentar em Brasília:

"Eu defendo Luiz Couto como um bom nome para o Senado, mas a discussão que ele abriu, divulgando aquele manifesto, expôs o partido e as lideranças. Ele tem que dialogar com o conjunto do partido. Mesmo assim, minha candidatura a deputado federal independe dele. Meu tamanho depende de mim mesmo", disse Jeová Campos.

Na reunião do diretório regional, o PT aprovou uma resolução que deixa para o ano que vem as decisões sobre alianças. O documento admite que o partido pode concorrer ao Senado ou indicar o vice na chapa majoritária da oposição, seja ela de Ricardo Coutinho (PSB) ou de José Maranhão (PMDB).

Depois da reunião, Couto e seus aliados, que perderam a votação com a diferença de um voto, saíram reanimados e defender a candidatura ao Senado e prometeram percorrer a Paraíba buscando apoios à postulação.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.