Jeová Campos critica ausência de oposicionistas na Assembleia

O deputado estadual Jeová Campos, que é líder do PT na Assembleia Legislativa Paraibana, voltou a defender hoje à tarde, durante a sessão na “Casa de Epitácio Pessoa” a necessidade e urgência de ser discutido e aprovado sexta-feira pelos parlamentares estaduais o pedido do Governo do Estado do empréstimo no valor de cerca R$ 191 milhões ao BNDES, que se encontra na Casa aguardando a apreciação das Comissões de Orçamento e Constituição e Justiça (CCJ) da AL. O deputado também criticou a ausência dos parlamentares de oposição na sessão.

“O cenário em que se encontra hoje esse plenário, com apenas dois deputados da oposição presentes, Pedro Medeiros (PSDB) e Aguinaldo Ribeiro (PP), demonstra claramente o gesto político dos parlamentares ausentes”, disse o deputado. Jeová enfatizou ainda que é preciso deixar esse enfrentamento político de lado e discutir os reais interesses da sociedade.

“O que nós da bancada de situação queremos é que essa proposta seja discutida por todos os membros dessa Casa, pois caso ela não seja aprovada essa semana, isso só irá comprometer os reais interesses da população paraibana que aguarda pelos investimentos em ações e obras urgentes e necessárias, como a recuperação de estradas, melhoria dos hospitais, o funcionamento do Projeto Várzeas de Sousa, que o governo estadual fará em várias localidades da Paraíba”, reforçou Jeová, lembrando que esse empréstimo é uma compensação da receita que foi perdida com a diminuição do FPE.

Vários deputados de oposição estiveram no plenário no início da sessão, mas deixaram o local. Foi o caso do presidente da Assembleia Legislativa, que abriu os trabalhos e deixou a mesa dizendo que tinha despachos a realizar.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.