Ivandro diz que euforia popular quer união de Cássio e Ricardo

Cláudia Carvalho

O ex-secretário chefe da Casa Civil, Ivandro Cunha Lima, comentou hoje na Rede Paraíba Sat, em entrevista a Arimatéia Souza, a declaração do deputado Ruy Carneiro segundo a qual ele teria sido atraído para participar do Seminário do PTB em Campina Grande, evento que se transformou no que Gilvan Freire classificou de união do cassismo com o ricardismo. "Não me senti enganado. Essa foi uma interpretação do deputado Ruy Carneiro. Fui convidado com mais de um mês de antecedência pelo deputado Armando Abílio, que é meu amigo. (…) Não foi a primeira vez que fui ouvir Gilvan Freire. Depois dele, ouvi também o prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho. Tenho admiração por ele, por sua gestão e pela forma como que se portou durante todo o processo de perseguição a Cássio", disse Ivandro.

Dizendo-se "confortável" por externar sua admiração por Ricardo Coutinho, Ivandro foi além e declarou que defende a união das oposições já no primeiro turno da eleição do ano que vem: "Minha opinião, que é a da maioria do nosso grupo é de que a oposição saia unida. É o ideal, sair unida no primeiro turno, seja com Ricardo Coutinho ou com Cícero Lucena. Se houver um entendimento com os principais líderes, tudo bem, senão, vamos ter outro denominador para escolher o candidato", disse ele. Indagado se a pesquisa seria o melhor instrumento para esta definição, ele acrescentou: "A pesquisa é a opinião do povo. Há uma euforia popular querendo a união de Cássio e Ricardo".

Ivandro Cunha Lima confirmou, ainda, ter sido procurado pelo presidente estadual do PSDB, Cícero Lucena, de quem recebeu o convite para integrar, na condição de vice, a chapa tucana rumo ao Governo do Estado: "Cícero esteve comigo e repetiu a tese de candidatura própria do partido e me perguntou, na hipótese dela se consolidar, se poderia contar com a minha participação como vice. Eu disse que tudo dependia de conjuntura e que eu era um homem de um grupo e de uma família. Naturalmente, nós ouvimos a família e principalmente as duas lideranças que são Ronaldo e Cássio".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.