Itamaraty investiga suposto desvio de dinheiro de embaixada na África

O Ministério das Relações Exteriores investiga o suposto desvio de cerca de US$ 300 mil enviados nos últimos anos para a embaixada do Brasil, em Harare, capital do Zimbábue, na África.

 
Segundo o ministério, o escritório financeiro do Itamaraty, em Nova York, e a Secretaria de Estado, em Brasília, apuram eventuais irregularidades na prestação de contas da embaixada.
 
De acordo com o Itamaraty, o embaixador Raul de Taunay, responsável pela representação diplomática no país desde 2007, foi removido para Brasília na semana passada porque cumpriu o prazo de permanência no país.
 
 
G1

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.