Italiano militante dos direitos humanos recebe Título de Cidadão Paraibano

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) realizou, nesta sexta-feira (16), uma Sessão Solene para entregar o Título de Cidadão Paraibano ao professor associado do Departamento de Filosofia da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Giuseppe Tosi.

De acordo com o deputado estadual Anísio Maia, autor da propositura, a ocasião teve o objetivo de reconhecer a dedicação do homenageado na luta pela defesa dos Direitos Humanos no Brasil. “Nós estamos prestando essa homenagem a uma pessoa que é referência em Direitos Humanos não apenas no âmbito da universidade, mas à nível regional e até internacional, pois toda sua trajetória foi em busca de ajudar as comunidades carentes e as pessoas mais fragilizadas da sociedade, além de enfrentar dificuldades e a própria ditadura militar”, ressaltou.

O professor agradeceu a honraria concedida pela Assembleia Legislativa, destacando a receptividade dos paraibanos ao trabalho educacional desenvolvido ao longo de anos no estado. “Eu recebo esse título com muita honra e responsabilidade de pagar um pouco dessa dívida que eu tenho com a Paraíba, pois aqui tive a oportunidade de fundar vários núcleos, cursos, especializações e mestrados sobre o tema, tornando a UFPB referência em Direitos Humanos no país”, concluiu.

Também participaram da Sessão Solene a reitora da UFPB, professora Margareth Diniz; o procurador federal Duciran Van Ferreira; o fundador da Comissão de Direitos Humanos da UFPB, professor Rubens Pinto Lyra; a fundadora do Serviço de Educação Popular de Guarabira (Sedup), escritora Maria Valéria Rezende; o presidente do Conselho Estadual dos Direitos Humanos, Guiany Campos Coutinho; o advogado do Centro de Orientação dos Direitos Humanos da Diocese de Guarabira, Camilo Pereira; o membro do Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da UFPB, professor José Cleudo Gomes; e a diretora do Centro de Ciência Humanas, Letras e Artes da UFPB, professora Mônica Nóbrega; além de familiares e amigos do homenageado.

Perfil – Natural da Itália, Giuseppe Tosi reside na Paraíba há 37 anos. Em 1976, formou-se em Filosofia pela Universidade Católica de Milão. Ingressou no cargo de docente no Departamento de Filosofia da UFPB em 1989 e, quatro anos depois, integrou a Comissão de Direitos Humanos da universidade, presidindo o órgão entre 1994 e 1996. Possui doutorado em Filosofia na Universidade de Pádua e pós-doutorado no Departamento de Teoria e História do Direito da Universidade de Firenze e na Universidade de Camerino. De 2007 a 2011, Giuseppe coordenou o Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos da UFPB, além de atuar como membro colaborador do Programa de Pós-Graduação em Filosofia e membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos, Cidadania e Políticas Públicas do Centro de Ciência Humanas, Letras e Artes da UFPB.

Comentários