Integração de ônibus é concluída em Campina Grande

A Prefeitura de Campina Grande, através da STTP – Superintendência de Trânsito e Transporte Público concluiu neste final de semana o projeto de execução de serviços viários para as mudanças no trânsito, no entorno da Praça do Trabalho (bairro do São José), objetivando a implantação das últimas 13 linhas de ônibus, dentro dos terminais do  Sistema Integrado de Transportes, no Parque Evaldo Cruz.
 
Com isso, a partir desta segunda-feira, 23, todas as linhas da cidade estarão inseridas e o usuário poderá se deslocar de qualquer ponto da cidade para outro local pagando apenas uma passagem, beneficiando cerca de 120 mil passageiros nessa última etapa.
 
As principais mudanças no trânsito irão ocorrer nas imediações da Praça do Trabalho, no bairro do São José.  Os ônibus virão pela Avenida Almirante Barroso, Rua Pedro I, passando pela Praça do Trabalho, seguindo com destino a Floriano Peixoto passando na lateral da Igreja Presbiteriana (Rua Melo Leitão). 
 
Para que o Sistema Integrado de Transportes tenha 100% da frota de ônibus, adentrando nos terminais do Açude Novo, todas as linhas que passam pelo corredor da Avenida Almirante Barroso serão incluídas, beneficiando passageiros que moram em bairros como Malvinas, Jardim Verdejante, Conjunto Cinza, Distrito dos Mecânicos, Jardim Paulistano, Liberdade, Presidente Médici e Catingueira, ou seja, as rotas 901, 911, 090A, 090B, 900A, 900B, 092, 077, 202, 220, 220B, 101 e 111, de um total de 44 linhas de ônibus que atende a toda a cidade.
 
Conforme informações do Superintendente da STTP, Salomão Augusto, os ônibus deixarão de trafegar pela Rua Lino Gomes, desafogando o trânsito naquela área da Rua Lino Gomes, sentido Rua Treze de Maio, com os carros trafegando com maior fluidez. “Estamos incrementando um projeto que vai atender os anseios da população campinense, com relação ao trânsito, e ao mesmo tempo beneficiando milhares de usuários do sistema de transporte público”, disse o superintendente.
 
A STTP informa ainda que a última parada da Avenida Almirante Barroso ficará localizada em frente à faculdade de Comunicação Social da UEPB, no bairro do São José. A parada que atualmente existe em frente ao antigo Cine São José será transferida para ao lado da igreja da Guia, não deixando de atender aos usuários daquela localidade.
 
Com apenas um ano de funcionamento e aprovação pela população de 96% dos serviços prestados, o Sistema Integrado é a completa integração entre os bairros da cidade. Fazendo com que, um mesmo passageiro, pague apenas uma passagem para se deslocar de um bairro a outro.
 
Sob a responsabilidade do NEAC (Núcleo de Educação e Atendimento ao Cidadão), equipes de educadores de trânsito estarão realizando uma campanha informativa no local, orientandos motoristas e pedestres sobre as mudanças naquela área, acompanhados por fiscais de transportes e agentes de trânsito, numa ação comunicativa com a população.
 
Os dois Terminais de Integração (transbordo de passageiros), do Parque Evaldo Cruz, são compostos por 12 plataformas com coberta metálica para abrigar os usuários, tendo estas uma capacidade para abrigar 240 passageiros sentados. Possui ainda, quatro faixas para ônibus executadas em concreto estrutural. As plataformas, por sua vez, têm piso tátil para melhor locomoção dos deficientes visuais, além de ser totalmente cercado por alambradas.    
 
Toda a infra-estrutura do Terminal de Integração ocupa uma área de oito mil metros quadrados, possuindo lanchonete, setor administrativo, posto de venda de tickets, uma bateria de banheiros masculinos, outra bateria de banheiros femininos, além de uma bateria de banheiros para portadores de necessidade, duas guaritas, jardins e uma moderna iluminação. Tal estrutura torna possível e favorece a cerca de oitocentas viagens de ônibus diárias e um público de estimado em 2,7 mil passageiros/mês, hoje atendidos pelos 178 ônibus que compõem a frota da cidade.
 
Na parte de trânsito os investimentos da STTP referem-se à aquisição de semáforos, entre outros equipamentos, necessários às mudanças no trânsito da cidade para que os ônibus possam ter acesso ao terminal, além de toda a infraestrutura de sinalização vertical e horizontal, desenvolvida e montada para uma melhor fluidez no entorno do terminal.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.