Inclusão digital é tema de debate no plenário da Câmara da Capital

A Câmara Municipal de João Pessoa realizou uma sessão especial ontem para debater os 20 anos da Internet, tecnologia, TV digital e inclusão digital. O propositor da sessão foi o vereador Tavinho Santos (PTB).

“Com a criação da internet, o mundo mudou sua forma de se comunicar e até de se sociabilizar. E isso nos estimula a debater o controle dessa tecnologia, que será o principal instrumento na evolução da sociedade. E temos que garantir o melhor acesso de maior parte da população a essa tecnologia. Além do Brasil já despontar como um grande exportador de sistemas da tecnologia da informação”, justificou Tavinho, que também anunciou o lançamento do seu site, o www.tavinhosantos.com.br, como mais uma forma de contato entre a população e o vereador.

Compuseram a mesa, além do vereador propositor, o vereador Benílton Lucena (PT), secretariando os trabalhos; o secretário adjunto da Secretaria Executiva de Ciência e Tecnologia (Secitec), Rubens Freire; o reitor do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), João Batista de Oliveira Silva; o diretor da Faculdade Idez, Clécio Franco; o diretor da Associação para a Inclusão Digital (Anid), Bruno Cabral; o coordenador de computação do Centro Universitário de João Pessoa (Unipê), Luiz Mauricio Fraga Martins; a gerente de Tecnologia de Informação do Serviço de Apoio a Pequenas e Médias Empresas (Sebrae), Jailma Araújo dos Santos; e o consultor de Marketing e Tecnologia, Rayner Holmes Borba.

Exposições – O reitor do Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia da Paraíba (IFPB), João Batista, destacou que na década de 80 o Brasil se encontrava em defasagem em relação ao resto do mundo em se tratando da tecnologia da informação. Hoje, a cidade de Campina Grande é um dos principais pólos tecnológicos do mundo. E diversos sistemas tecnológicos elaborados na cidade estão sendo exportados para o mundo inteiro; o município é, inclusive, o responsável pelo sistema utilizado na TV digital do país, por meio do professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) Guido Lemos, que desenvolve o software em conjunto com os pesquisadores japoneses.

Os temas evidenciados nas discussões foram desde as plataformas digitais utilizadas para a construção de uma ‘inteligência artificial’, que norteará a sociedade, até o desenvolvimento tecnológico em conjunto com o desenvolvimento político, para fortalecer as perspectivas de inclusão digital na sociedade.

Também foram evidenciados os novos sistemas de relações sociais que surgiram com essas novas tecnologias, que transformaram o mundo do trabalho com o surgimento de novas profissões, com a formação de uma sociedade interligada por uma rede mundial compondo uma "aldeia global".

Também prestigiaram a sessão representantes de diversas entidades relacionadas à área tecnológica da Paraíba como Farol Digital (Alexandre Maracajá); Secretaria da Educação de João Pessoa (Judson Mesquita e Fabrício Feitosa); Guia Mais João Pessoa (Carlos Macedo); e Rede Paraíba de Comunicação (Tatiana Ramos).

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.